Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Final do Chef Ver Mais será nesta terça-feira

Três participantes estão na final do reality show

Suellen Dos Santos Venturini
Joinville
Reprodução/ND
Final será transmitida a partir das 14h pela RICTV Record


Será conhecido hoje o vencedor do Chef Ver Mais, primeiro reality show de gastronomia da TV catarinense. O grande chef será escolhido durante o programa Ver Mais, da RICTV Record, transmito a partir das 14h, ao vivo do Espaço Gourmet do Shopping Mueller, em Joinville. Durante a manhã, flashes na programação da televisão também vão mostrar como está a expectativa e preparação dos participantes na final. São três finalistas na disputa. Cozinheiros que estudam, trabalham e vivem da gastronomia em Joinville e que com muita dedicação superaram as etapas da disputa até aqui.

Não foi fácil. Na primeira seletiva, oito alunos de gastronomia da Univille foram selecionados dentre os 17 inscritos. Os oito foram testados em uma prova com a culinária italiana como base, onde dois participantes foram eliminados. Depois, eles foram desafiados a preparar pratos como influência da gastronomia germânica na cozinha catarinense. Nesta fase, dois participantes foram eliminados pela comissão julgadora. Na terceira etapa, o desafio foi preparar em dupla um prato da cozinha portuguesa, e para isso eles receberam peixes vivos. A ideia era que um integrante de cada dupla fosse eliminado, mas um empate técnico deixou a disputa ainda mais emocionante e três participantes permaneceram para a grande final.

A última prova do programa é surpresa para os participantes. Eles serão testados ao vivo, no que promete ser uma final emocionante. O vencedor será premiado com um estágio em um bistrô de Joinville, uma batedeira, um tablet, um frigobar retrô e divulgação na RICTV Record. O reality show é realizado pela RICTV Record e tem patrocínio da Univille e do Shopping Mueller.

 

 

Para Adriano, gastronomia é coisa séria

O finalista do Chef Ver Mais, Adriano da Silva tem 31 anos e é natural de Londrina, no Paraná. Desde pequeno ele viu a mãe exercer a profissão de cozinheira e ser elogiada, o que serviu como base quando ele decidiu seguir os mesmos passos que ela, ainda novo. No sexto semestre de gastronomia, ele trabalha como cozinheiro na Expoville, em Joinville. Mesmo com a experiência, ele diz que ainda tem alguns desafios pessoais na área e se mostra receoso com o que será pedido na prova final. “A confeitaria me preocuparia”, afirmou Silva.

 

Dois sonhos de Darlin realizados

O padeiro Darlin Carbonera é o finalista mais novo no Chef Ver Mais. Com vinte anos e no quarto semestre de gastronomia, o joinvilense ainda divide o tempo na cozinha com a bicicleta e o futebol. Mas se engana quem pensa que isso quer dizer que ele não é um participante forte na disputa, Carbonera deixou para trás cinco candidatos, motivado pela realização de dois sonhos: participar de um reality show e ser um grande chef. “O que me inspirava eram os programas de TV, com os chefs fazendo aqueles pratos com pressa, sendo desafiados e se superando. E vendo os programas eu comecei a fazer as receitas, e as pessoas elogiavam”, contou Carbonera. Para a final, ele espera que cada participante possa apresentar os pratos que gostam de cozinhar.

 

Franklin aposta no foco e na determinação

Nas horas vagas, Franklin Correa vai a São Bento, sua cidade natal, para participar do grupo de tradições onde dança. A descontração desaparece durante o expediente em uma padaria de Joinville, onde Correa é confeiteiro e assegura: cada receita é feita com muita dedicação, concentração e cuidado. “O segredo é ter foco nas coisas, com muita concentração e amor pelo que faz”, comentou Correa. As características que garantiram ao confeiteiro chegar a final do Chef Ver Mais, vieram da casa, quando ele ainda criança ficava na cozinha na companhia de avós e bisavós. Correa diz que quer ser o vencedor do reality, mas chegar a final já é uma conquista. “A gente entra querendo a final, mas chegar até aqui já é bom”, ressalta.

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade