Publicidade
Terça-Feira, 19 de Junho de 2018
Descrição do tempo
  • 22º C
  • 15º C
  • #TORCIDANDBlatter ignora sanção da Fifa e chega à Rússia para ver Portugal e BrasilMAIS COPA

Em Florianópolis, 19ª Feira do Mel oferta preço 40% menor do que o comércio varejista

Preço do quilo do mel convencional será comercializado a R$ 25 e o orgânico a R$ 30. Com entrada gratuita, evento começa quarta-feira e segue até sábado no Calçadão da Avenida Paulo Fontes

Michael Gonçalves
Florianópolis
12/06/2018 às 21H11

Com produção de 6.500 mil toneladas neste ano, o mel catarinense está em evidência a partir desta quarta-feira (13) até sábado (16), no calçadão da Avenida Paulo Fontes, no Centro de Florianópolis. A entrada gratuita na 19ª edição da Feira do Mel, que é o maior evento do gênero no Brasil, gera uma expectativa de público de 50 mil pessoas, de acordo com o engenheiro agrônomo da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina), Rodrigo Durieux da Cunha. O quilo do mel convencional é comercializado a R$ 25 e o orgânico a R$ 30, que equivale a uma redução de 40% no valor em relação ao mercado varejista, segundo o presidente da Faasc (Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina), Nésio Fernandes de Medeiros.

Segundo o presidente da Faasc, Nésio Fernandes de Medeiros, o diferencial da feira este ano será a degustação de pinhão com mel - Daniel Queiroz/ND
Segundo o presidente da Faasc, Nésio Fernandes de Medeiros, o diferencial da feira este ano será a degustação de pinhão com mel - Daniel Queiroz/ND


Serão 17 expositores, de todas as regiões do Estado, que venderão diferentes produtos. “Nos últimos quatro congressos mundiais recebemos o título de melhor mel do mundo, na disputa com mais de 80 países. O diferencial este ano será a degustação de pinhão com mel, na quarta-feira e quinta-feira, das 14h às 15h”, disse Medeiros. Além dos potes de mel, os consumidores poderão comprar balas, bolos, bolachas, própolis, geleia real, cera de abelha, chás, cachaça, vodka e cosméticos com produtos apícolas.

Para o produtor e presidente da Abemel (Associação Brasileira dos Exportadores de Mel), Agenor Sartori Castanha, de Içara, no Sul do Estado, a qualidade do mel catarinense está associada ao manejo e a florada diversificada. Em função disso, a produção começa e termina no inverno.

A expectativa de Castanha é comercializar a mesma quantidade de 2017, quando comercializou R$ 70 mil em 42 tipos de produtos. “Não podemos negar que estamos passando por uma crise econômica e, em função disso, acredito que vendendo a mesma quantidade do ano passado já estaremos no lucro. A edição com o maior volume de vendas foi em 2016”, afirmou o expositor de Içara, cidade que concentra 40% da produção catarinense.

Agenor Sartori Castanha, presidente da Abemel, acredita que a qualidade do mel catarinense está associada ao manejo e a florada diversificada - Daniel Queiroz/ND
Agenor Sartori Castanha, presidente da Abemel, acredita que a qualidade do mel catarinense está associada ao manejo e a florada diversificada - Daniel Queiroz/ND


Massagem facial e livro de receitas em novo local

Mais do que ofertar o mel em diferentes subprodutos, a 19ª Feira do Mel é um espaço de interação entre a cadeia produtiva e os consumidores. O engenheiro agrônomo da Epagri, Rodrigo da Cunha, destacou a distribuição de livros de receitas com produtos derivados do mel e a aplicação cosmética em um dos estandes.

Diferente das outras edições, a feira este ano saiu do Largo da Alfândega e foi para o calçadão da avenida Paulo Fontes. “No início tivemos um receio quanto à mudança, porque a festa estava consolidada no Largo da Alfândega. A troca ocorreu em função da programação de manutenção no largo. Neste ano também haverá distribuição gratuita de livros de receitas inusitadas para o aproveitamento do mel na culinária e massagem facial com cremes à base de produtos apícolas”, afirmou Cunha.

Em 2017, a feira movimentou 30 toneladas de mel. A expectativa de Cunha para este ano é de crescimento na ordem de 30%.

Potes de mel

Convencional

1kg: R$ 25

500g: R$ 15

Orgânico

1kg: R$ 30

500g: R$ 18

SERVIÇO

O quê: 19ª Feira do Mel de Florianópolis

Quando: De quarta (13) à sexta (15), das 8h às 18h; e sábado (16), das 8h às 13h

Onde: Na avenida Paulo Fontes, em frente ao Ticen

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade