Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Começa nesta quarta o Desafio do Chef que escolherá a melhor receita de família de Joinville

Nesta primeira bateria do concurso os participantes irão preparar quatro pratos que serão avaliados pela banca

Suelen Soares da Silva
Joinville

Nesta quarta-feira (24), quatro dos dezesseis participantes do concurso Desafio do Chef  - Receitas de Família, terão que provar para os jurados porque a sua receita faz sucesso na sua família. Desta primeira bateria de receitas participam os concorrentes Daiane Jaqueline da Silva Vieira Martins, Rafael da Luz, Débora Rossi e Carlos Henrique Tauber, na Escola de Gastronomia Carême.

 

Fabrício Porto/ND
Primeiros participantes: Carlos Henrique Tauber (esquerda), Rafael da Luz, Daiane Jaqueline da Silva Vieira e Débora Rossi

 

Cada um concorre com uma receita que, segundo eles, já está nas respectivas famílias há anos e faz sucesso toda vez que é levada a mesa. Daiane, 22 anos, não tem nenhum tipo de formação na área, mas já trabalha como confeiteira.

Ela tentará conquistar os jurados, com uma torta de repolho, que foi repassada pela avó, reproduzida pela sua mãe e tias, que de acordo com ela, também são cozinheiras de mão cheia. “Eu escolhi esse prato porque a minha avó fazia e com o tempo eu também aprendi. E ele é um prato completo, bem elaborado e não precisa de acompanhamento”, explica.

Uma banca formada por cinco chefs da Caremê irá escolher um participante vencedor de cada bateria realizada. E no final os quatro finalistas se enfrentarão.

A advogada Débora Rossi, 24, conta que quando recebeu a ligação da organização confirmando a sua participação ficou muito feliz. Esta será a oportunidade de mostrar para outras pessoas, além da família, o sabor do nhoque de batata com molho de tomate assado e almôndegas.

Ela treinou a receita em casa para não ultrapassar o tempo de duas horas imposto pelo regulamento do concurso. “Nossa, foi bem legal quando me ligaram, foi emocionante. Eu treinei ontem, fiz a receita e consegui terminá-la em 1h45 e pensei: dá para ganhar”, brinca.

Entre os itens de avaliação estão higiene, organização, fidelidade à receita, sabor, aroma, temperatura, textura, originalidade e apresentação.

O concurso é uma realização do jornal Notícias do Dia, com patrocínio das empresas Escola de Gastronomia Carême, Rogga, True Friends e Impulso.

 

Lugar de homem também é na cozinha

Dos 16 participantes, nove são homens “Eu cozinho desde criança, fazia um bolo, uma omelete. Os homens estão entre os melhores chefs do mundo e a presença masculina nas cozinhas vem crescendo bastante”, destaca Carlos Henrique Tauber, 29, um dos competidores.

Tauber irá apresentar uma receita de risoto de mignon com cogumelo paris fresco, que assim como os demais também está na família há anos. Será um desfile de receitas até a grande final em setembro.

O estudante Rafael da Luz, 25, espera estar entre os finalistas e trouxe para o concurso, o seu tortei de batata. Rafael conta que cozinha desde os 12 anos e que o prato escolhido foi trazido da Itália pela bisavó. “Eu sempre fui interessado em aprender cozinhar e como sou de família de origem italiana todas as reuniões familiares acabam acontecendo na cozinha. E assim todo mundo aprendeu a cozinhar”, ressalta.

A segunda bateria de cozinheiros será no dia 31 de agosto e o final do concurso no dia 21 de setembro. O grande vencedor vai ganhar um curso de chefe de cozinha completo, semi-intensivo, com 450 horas de aula, na Escola de Gastronomia Carême.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade