Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Colisões de veículos contra postes lideram atendimentos da Celesc no feriado de Carnaval

Foram seis casos de sexta-feira (4) até esta terça-feira. Três das ocorrências foram em Itajaí

Redação ND
Joinville

As boas condições do clima nos últimos dias contribuíram para que o sistema elétrico de Santa Catarina não sofresse com casos de sobrecarga e com ventos ou trovoadas durante o feriado de Carnaval. A empresa montou  esquema e plantão nos municípios que concentram os maiores  festejos para agilizar o atendimento de ocorrências, mas o que acabou movimentando o plantão das equipes foram seis batidas de veículos contra postes, três delas na região de Itajaí.

A empresa também registrou um caso de serpentina metálica sobre a rede elétrica e duas ocorrências provocadas por pipa enroscadas nos fios. A ocorrência mais abrangente foi em São Miguel Do Oeste, onde cerca de nove mil unidades consumidoras ficaram sem energia. Em todo o Estado, cerca de 2,3 milhões de unidades consumidoras são atendidas pela Celesc.

No sábado (5), o centro de operação da Agência Regional da Celesc em Itajaí  iniciou seu plantão especial atendendo três ocorrências de falta de  energia provocadas por batidas contra postes. O primeiro caso foi às 14h02 na rua 450, em Itapema, deixando 25  unidades consumidoras sem energia elétrica até próximo das 22h. O segundo  ocorreu às 14h53 e provocou desligamento do sistema em ruas dos  bairros Monte Alegre e Tabuleiro, deixando cerca de sete mil unidades  consumidoras sem energia elétrica por cerca de 1h. Às 18h05, o terceiro
 abalroamento do dia afetou o abastecimento de 485 unidades consumidoras. O problema foi solucionado às 21h50.

 No mesmo dia, m abalroamento em São Miguel do Oeste, na região de  Iporã do Oeste, com quebra de três postes e cabos arrebentados, e provocou  falta de energia elétrica em regiões de São Miguel do Oeste, Descanso,  Iporã do Oeste, Belmonte, Santa Helena e Tunápolis. Cerca de 9.200  unidades consumidoras ficaram sem luz. O restabelecimento total do sistema  ocorreu às 2h de domingo (6).

 Ainda no sábado, a empresa registrou ocorrência provocada pelo arremesso de serpentina metálica sobre fios da rede elétrica, em Florianópolis. A fita metálica sobre a rede provocou a falta de energia elétrica no bairro Coqueiros, nas localidades de Praia do Meio, Praia da Saudade e Praia das Palmeiras, afetando 7.787 unidades consumidoras por cerca de 20 minutos. O incidente também assustou os organizadores do desfile das Escolas de Samba  na Passarela Nego Quirido, porque acabou provocando o desligamento dos refletores no local, em função da oscilação de tensão na subestação responsável pelo abastecimento elétrico da Passarela. O problema durou poucos minutos.

No domingo (6), em Palmitos, às 4h18m uma colisão ocasionou a quebra de dois postes do sistema de alta tensão, na localidade de São Valentim, município de Descanso. A operação de  recomposição foi finalizada próximo das 6h. Neste período,  3.175 unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica. O condutor se evadiu do local.

Na segunda-feira, em Itajaí, duas ocorrências com pipa na rede provocaram falta de energia elétrica nos bairros Cordeiros e São Vicente. O primeiro caso foi das 12h34 às 13h21. O segundo, das 13h42 às 14h41. No bairro Cordeiros, 500 unidades consumidoras foram afetadas e no São  Vicente, outras 913.

 No início da manhã desta terça-feira(8), aconteceu um abalroamento de no alimentador de energia elétrica localizado entre Imbituba e Garopaba. A batida ocorreu às 6h40 e deixou 4.077  unidades consumidoras sem abastecimento. Com operação de manobra do sistema, realizadas pelas equipes de emergência, moradores de Imbituba ficaram sem luz até 8h18 e de Garopaba até as 11h (cerca de 870 residências).

 Ainda na região Sul, um abalroamento afetou o fornecimento de energia para a região da Ponta da Barra da Laguna, prejudicando 24 unidades  consumidoras. O restabelecimento do sistema levou 40 minutos.

 A operação de Carnaval da Celesc Distribuição reforçou o atendimento de emergência nas regiões onde a festa é mais tradicional. As equipes estão trabalhando com maior número de profissionais e com frota maior nas
 áreas atendidas pelas agências regionais de Joinville (especialmente São  Francisco do Sul e Itapoá), Tubarão (Laguna e Garopaba), Itajaí (Porto Belo e Balneário Camboriú), Florianópolis (Florianópolis, Governador Celso
 Ramos e Palhoça [Pinheira]), Joaçaba e Criciúma (praias do Rincão e Arroio do Silva).

Os técnicos consideram que o volume de ocorrências não pode ser  associado a possíveis extravagâncias de carnaval, já que o registrado  durante esta operação especial não difere dos demais períodos do ano. A  operação continua até a manhã desta quarta-feira (9).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade