Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Clube de Idosos de Garuva dá exemplo de como atividades sociais garantem saúde e alegria

Agenda é repleta de atividades de lazer, integração e trabalhos manuais

Redação ND
Joinville

Eles cantam, dançam, viajam, participam de apresentações e de atividades praticamente todos os dias da semana. O Clube de Idosos de Garuva possui 170 associados e mais 26 voluntários e completou 24 anos de fundação no dia 1 desse mês. Coordenado pela presidente, Ana Beatriz Moecke há 14 anos, os idosos sempre estão em movimento. E a agenda é grande: na segunda à noite, tem ensaio de canto; na quarta pela manhã tem aula de dança sênior e, à tarde, recreação com música, lanche, ação entre amigos e jogos de baralho; na quinta as mulheres se reúnem para fazer trabalhos manuais, que incluem bordados, pinturas e crochê; e aos domingos têm aula de dança de salão, que é também aberta para comunidade.  

 

Fotos Lidiane Maria/Divulgação/ND
Em sintonia. Ernestina Chafer (da esq. para a dir.), Ana Beatriz Moecke, Margarida Kepka, Olga Frare e Theodomira Ribeiro Lubawski

 

A festa mais esperada do ano é a já tradicional Festa da Família onde todos os idosos aproveitam o dia junto com familiares. Em 2014, a festa já tem data marcada, será no domingo, 7 de dezembro. Neste dia é servido almoço, tem ação entre amigos, bazar com as toalhas que foram bordadas durante o ano, lanche da tarde e baile.

Para a presidente, que antes de assumir o cargo trabalhou por dez anos como voluntária no grupo, as atividades desenvolvidas são uma terapia e os idosos uma extensão da família. “O trabalho que realizamos aqui enriquece quem recebe por meio de carinho, atenção e aprendizado. Gostaríamos de contar com a participação de mais idosos, mas fazemos o melhor para aqueles que participam”, explica Ana. Potencial para tanto existe, uma vez que de acordo com a Secretraria de Assistência Social , há mais de mil idosos no município.

 

Tardes dançantes estão na agenda do Clube

 

Margarida Kepka, 56 anos, é voluntária e acompanha a mãe, Olga Frare, 76. “Quando me separei, procurei uma atividade para me ocupar e, como minha mãe participava desde a fundação do Clube, foi aqui que encontrei força para continuar vivendo e ao mesmo tempo ficar mais perto dela”, conta a filha. Já para a mãe Olga, o Clube é a alegria de viver. “Essa é a alegria da minha vida”, garante.

 

Saiba mais
Onde encontrar

O quê: Clube de Idosos
Onde: rua José da Costa Cidral, 200, Centro
Horário: todas as terças e quartas das 8h30 às 18h
Informações: 3445-2464
Para ser sócio do Clube de Idosos basta procurar a diretoria com um documento e comprovante de residência.

 

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade