Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Certificado de filantropia do Hospital Dona Helena pode estar ameaçado após denúncia da AGU

Conteúdo de processo contra a unidade revela que o hospital comprou ouro para esconder lucros. Entidade divulga nota à imprensa

Josi Tromm Geisler
Joinville

O título de filantropia do Hospital Dona Helena pode estar ameaçado. A divulgação do conteúdo de um processo contra a unidade de saúde, na manhã desta sexta-feira, colocou em questão o direito do hospital à isenção tributária. A informação foi divulgada pelo site Congresso em Foco, em reportagem assinada pelo repórter Lúcio Lambranho.

Segundo a denúncia da AGU (Advocacia Geral da União), protocolada e investigada pela Justiça Federal, o Dona Helena teria comprado ouro com o lucro obtido dos serviços particulares prestados. O objetivo seria esconder o lucro.

A descoberta da compra do ouro teria acontecido durante a Operação Fariseu, Da Polícia Federal. A ação investigou unidades da área da saúde em todo o País, que estariam usando o título de filantropia para não pagar os impostos.

Arquivo/ND
Fachada do Hospital Dona Helena, no Centro de Joinville

 

Por meio de nota, o Hospital Dona Helena alega que “cumpre os requisitos constitucionais e legais para seu funcionamento, tendo mantido por muitos anos, desde 1966, o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas)”.

Leia a íntegra da nota

Acerca do conteúdo de reportagem veiculada no dia de hoje pelo site Congresso em Foco, a diretoria da Associação Beneficente Evangélica de Joinville (Abej), entidade mantenedora do Hospital Dona Helena, vem a público para negar a acusação apresentada e reafirmar que cumpre os requisitos constitucionais e legais para seu funcionamento, tendo mantido, por muitos anos, desde 1966, o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas).

Assinala, ainda, que não existem, nos autos do processo mencionado na reportagem, quaisquer provas do que é apontado como prática para encobrir lucros que teriam sido auferidos pelo hospital.

Reafirma, por outro lado, absoluta fidelidade a seus fins e compromisso com a comunidade catarinense, a quem esta instituição de saúde presta relevantes serviços há quase um século. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade