Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Cedup, em Joinville, oferece 105 vagas para ensino médio com educação profissional

No modelo de estudo os alunos têm as aulas do currículo tradicional do ensino médio e, no contraturno, se preparam para o mercado de trabalho

Redação ND
Florianópolis
26/01/2017 às 18H00

O Cedup (Centro de Educação Profissional Dario Salles), em Joinville, está com matrículas abertas para o primeiro ano do ensino médio integrado à educação profissional. Essa modalidade de ensino permite que o aluno se forme no ensino médio e se prepare para o mercado de trabalho. Estão sendo ofertadas 105 vagas para três cursos distintos: técnico em administração, automação industrial e recursos humanos.

“O estudante terá aula durante a manhã e à tarde, nos dois primeiros anos. Em um período estuda a grade do ensino médio e no outro o curso técnico. No terceiro ano as aulas ocorrem somente à tarde”,explica o diretor do Cedup, Sergio Ivan de Campos. As inscrições poder ser realizadas até o dia 3 de fevereiro. As aulas começam no dia 13.

A abertura de novas turmas depende da procura. Há disponibilidade de ofertar mais 105 vagas. Mais informações podem ser obtidas no (47) 3032-5001.

 

Vagas disponíveis

- 35 para ensino médio integrado à educação profissional técnico em administração;

- 35 para ensino médio integrado à educação profissional técnico em automação industrial;

- 35 para ensino médio integrado à educação profissional técnico em recursos humanos.

 

Documentos para matrícula

- 2 cópias da identidade;

- 2 cópias do CPF;

- 1 cópia certidão de nascimento ou casamento

- 2 copias do comprovante de residência;

- 2 cópias do CPF e RG dos pais ou responsável para menores de 18 anos;

- cópia do certificado de reservista para maiores de 18 anos;

- cópia do título de eleitor com comprovante da última eleição;

- duas fotos 3x4.

- atestado de vacinas;

- original e cópia do histórico escolar do ensino fundamental do candidato, caso candidato seja estrangeiro o histórico escolar do ensino fundamental deve ser traduzido para a língua portuguesa e reconhecido pela Gerência Regional de Educação (Gered).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade