Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Celesc lança segunda edição do programa que incentiva troca de eletrodomésticos de alto consumo

Com o Bônus Eficiente empresa subsidia desconto de até 50% no preço. Consumidor precisa levar aparelhos antigos, que serão descartados

Isabella Mayer de Moura
Joinville

Eletrodomésticos antigos, com baixa eficiência energética, são responsáveis por um consumo desnecessário de energia elétrica nas residências, elevando o custo da conta de luz e contribuindo para sobrecarregar as redes de distribuição de energia. Para incentivar a troca destes aparelhos, a Celesc criou o projeto Bônus Eficiente, que concede desconto de até 50% na troca de aparelhos como geladeiras e freezers.

 

Carlos Junior/arquivo/ND
Rede da Lojas Colombo vai ser novamente a parceira da concessionária de energia na aplicação do programa


A primeira edição ocorreu no ano passado, quando foram substituídos 26.194 eletrodomésticos antigos. Com o sucesso do programa, a Celesc está lançando hoje a segunda edição do Bônus Eficiente. A cerimônia ocorre nesta manhã, a partir das 10h, na sede da Celesc em Florianópolis, com a presença do governador Raimundo Colombo.
As regras do projeto são semelhantes às do ano passado. Para poder adquirir o produto novo, o consumidor terá que entregar seu freezer ou geladeira antigo, com mais de cinco anos de uso e que não tenham o selo da Procel. Então ele poderá trocar por um produto novo, com selo de eficiência energética, o qual terá desconto de até 50% – quanto mais econômico o produto, maior o desconto. Os clientes que já adquiriram um freezer ou geladeira na primeira edição da campanha não poderão realizar trocas do mesmo produto.
Além do eletrodoméstico, o consumidor deverá levar até o local cinco lâmpadas incandescentes (de baixa eficiência energética), e por R$ 1 trocará por cinco lâmpadas fluorescentes, que são mais econômicas e têm tempo de duração maior.
As Lojas Colombo, pelo segundo ano, venceram a licitação para o programa e farão o fornecimento de refrigeradores e freezers a partir do início do próximo mês. Conforme a Celesc, a própria rede Colombo fará a avaliação do aparelho antigo. A Colombo também ficou encarregada de contratar uma empresa especializada para o descarte dos eletrodomésticos usados, conforme a Lei de Resíduos Sólidos.

A cada venda realizada pelo programa, um valor será destinado a entidades selecionadas pela Celesc. Para os produtos que custam acima de R$ 1.000, a doação será de R$ 50, e para os que custam menos de R$ 1.000, R$ 30 serão revertidos para a ação social.
Neste ano, serão beneficiadas dez entidades: Lar da Menina (Tubarão), Associação dos Cegos (Florianópolis), Associação Voluntários Hospital Infantil (Florianópolis), Orionópolis (São José), Casa de Apoio Colibri (Lages), Bairro da Juventude (Criciúma), Federação das Apaes (Florianópolis), Associação Autistas SC (Fraiburgo), Centro Associativo de Atividades Psicofísicas Patrick (Chapecó) e Lar Abdon Batista (Joinville).
Na edição do ano passado, o Bônus Eficiente arrecadou mais de R$ 1 milhão em doações, que foram repassadas à Federação das Apaes de Santa Catarina.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade