Publicidade
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 17º C

Bombeiro salva criança pelo telefone em São Francisco do Sul

Pais da pequena Eduarda, que se afogou com o leite materno, receberam as orientações para normalizar a respiração da criança

Redação ND
Divulgação
Eduarda no colo da mãe, Débora, foi examinada após o susto e passa bem

 

Um bebê com 15 dias de vida foi salvo de um afogamento por telefone em São Francisco do Sul. Às 20h30 desta quarta-feira (21), o chefe de equipe dos Bombeiros Voluntários, Alexandre Guilherme da Silva, atendeu uma ligação de emergência. Do outro lado da linha, pais desesperados com a criança que apresentava sinais de afogamento com o leite materno.

O bombeiro procurou acalmar os pais da recém-nascida Eduarda e passou as orientações para desobstruir as vias aéreas do bebê. A criança então foi colocada de bruços sobre um dos braços do pai, Gilson Stuqui, e recebeu tapinhas nas costas. Enquanto o bombeiro fazia o atendimento pelo telefone, uma unidade de socorro básico foi deslocada até a residência da criança, na rua Maceió, praia da Enseada.

Quando os socorristas chegaram no local, Eduarda já respirava normalmente. Mesmo fora de perigo, ela foi encaminhada até uma unidade de pronto atendimento para ser examinada.

Há cerca de 20 dias, a aluna do Curso de Formação de Bombeiros Voluntários de São Francisco do Sul, Flávia Vaneski, também salvou uma criança pelo telefone. Na ocasião, uma criança de apenas três dias de vida se afogou com leite materno.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade