Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Bombeiro que atuou no incêndio em São Francisco recebe alta do Hospital Regional de Joinville

David Marcellino voltou para casa em Navegantes na tarde desta terça (29)

João Batista (JB)
Joinville

Após mais de um mês de internação no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, David Marcellino, 59 anos, bombeiro voluntário que inalou fumaça tóxica durante o incêndio químico em São Francisco do Sul, recebeu alta médica ontem à tarde. Ele saiu do hospital por volta das 17h e foi levado para casa, em Navegantes, com transporte cedido pela empresa Global Logística, onde ocorreu o acidente.

 

 

Divulgação
Marcellino, que deixou a UTI no último dia 21, foi vítima da fumaça tóxica no incêndio de São Chico

 

Em recuperação no quarto desde o último dia 21, quando deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Regional, Marcellino ainda não consegue falar muito bem, em função dos diversos dias sob sedação e respirando com a ajuda de aparelhos. “A situação dele ainda inspira cuidados em casa, mas agora ele está junto da família e esse convívio vai ajudar na recuperação”, comentou Solange Aparecida da Luz, esposa do bombeiro.

Marcellino continua em tratamento com medicamentos contra pressão alta e para controlar um edema que afetou os pulmões. Ele deve voltar a Joinville para exames de rotina. No momento, o que importa para os familiares é ter Marcellino novamente em casa. Se o clima já era de alegria, depois de o bombeiro deixar a UTI, a saída dele do hospital representou o fim de um período de que misturou preocupação e esperança.

 

Divulgação
Integrante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Guaramirim, Marcellino atua como voluntário há mais de 30 anos

 

“Está todo mundo muito feliz, principalmente nós quatro”, contou Solange, fazendo referência ao marido e aos dois filhos que moram junto com eles – um garoto de 14 e uma menina de 8 anos.

Marcellino estava internado desde o dia 25 de setembro, quando sofreu intoxicação durante o combate da fumaça no galpão da Global Logística. Integrante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Guaramirim, ele atua como voluntário há mais de 30 anos, com passagens por corporações de Joinville e Navegantes.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade