Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Bibliotecas públicas de Joinville têm redução no quadro de funcionários

Servidores protestaram contra o remanejamento de colaboradores da Biblioteca Municipal Rolf Colin

Suelen Soares da Silva
Joinville
Divulgação/ND
Bibliotecários e mediadores de leitura fizeram um protesto na tarde desta sexta-feira (4), com o objetivo de chamar atenção do governo municipal, para o desmonte da Biblioteca Pública Municipal Rolf Colin.

 

Bibliotecários e mediadores de leitura fizeram um protesto na tarde desta sexta-feira (4), com o objetivo de chamar atenção do governo municipal para, segundo eles, o desmonte da Biblioteca Pública Municipal Rolf Colin.

O motivo do protesto é a redução no quadro de funcionários. De acordo com os manifestantes, colaboradores estão sendo remanejados. É o caso de Alcione Pauli, que além de trabalhar no setor infantil da biblioteca, também é contadora de histórias e mediadora de leitura.

Alcione conta que a biblioteca já trabalha com um quadro restrito e que os projetos são feitos de forma multidisciplinar pelos funcionários. “Cada um ajuda de uma forma, na área específica, neste espaço que é público e ao mesmo tempo pedagógico. Com a redução, alguns destes projetos provavelmente não irão continuar”, afirma.

Atuavam na Biblioteca Rolf Colin, até o início do ano, 24 servidores. Seis já foram remanejados, dois saíram em licença saúde e outros dois em licença prêmio. Atualmente o espaço está com 14 funcionários para atender ao público nos turnos da manhã e da tarde e mais dois colaboradores serão remanejados. “Nós queremos manifestar a nossa indignação, porque o que a Gestão de Pessoas da Prefeitura alega é que eles precisam reduzir custos. Mas não adianta tirar de um lado para tapar um buraco em outro lugar”, ressalta Alcione.

Com um acervo de 48.489 obras, a Biblioteca Rolf Colin não é apenas um espaço de acervo literário, mas também um local com atividades voltadas para educação e cultura, que privilegiam crianças, jovens e idosos. A biblioteca possui setores de pesquisa, literatura, hemeroteca, infantil, internet, processamento técnico e braille.

Segunda a coordenadora da biblioteca, Juciana Bittencourt, esta reivindicação partiu dos mediadores, porém ela admite que, de alguma forma, o atendimento na biblioteca sofrerá consequências. “Esta redução implica no funcionamento do trabalho e nos projetos. Mas por enquanto nenhum projeto foi cancelado”, comenta.

 

Resposta da Prefeitura

Em nota a Prefeitura explica que os servidores de Biblioteca Pública Municipal Rolf Colin e da Biblioteca Pública Municipal Professor Gustavo Ohd, de Pirabeiraba, estão sendo remanejados para as salas de aula para suprir as vagas de outros professores que estão em licença, se aposentando ou que tiveram o contrato encerrado. A Prefeitura afirma que esta medida é temporária e que os serviços em ambas bibliotecas não serão prejudicados.

Leia a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Joinville informa que servidores da Biblioteca Pública Municipal Rolf Colin e da Biblioteca Pública Municipal Professor Gustavo Ohd, de Pirabeiraba, que são professores de carreira, serão remanejados para salas de aula para suprir as vagas de colegas que estão em licença, aposentados e em término de contrato. A prioridade é garantir o atendimento aos estudantes. Essa medida é temporária. A Prefeitura ressalta que os serviços da biblioteca não serão prejudicados com essa decisão.”

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade