Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Bancários de Joinville e região entram em greve na próxima semana

Diferente da maioria dos trabalhadores do País, que entram em greve na terça-feira, em Joinville, a categoria paralisa os trabalhos no dia 9

Shirlei Paterno
Joinville
03/09/2016 às 14H32

Em assembleia realizada na noite de sexta-feira (2), na sede do Sindicato dos Bancários de Joinville e Região, os bancários resolveram aderir à greve deflagrada em todo país. Diferente do que acontece no restante do Brasil, onde a categoria começa a paralisação na terça-feira (6), nas cidades de Joinville, Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul, Araquari, Balneário Barra do Sul e Barra Velha, os trabalhos serão paralisados a partir da 0 hora de sexta-feira (9).

Categoria se reuniu na noite de sexta-feira e votou pelo início da paralisação - Carlos Junior/ND
Categoria se reuniu na noite de sexta-feira e votou pelo início da paralisação - Carlos Junior/ND



Durante a rodada de negociações realizada no fim do mês de agosto, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou índice de reajuste salarial de 6,5% sobre os salários, a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e os auxílios refeição, alimentação, creche e abono de R$ 3.000. Os sindicatos de todo País alegam que a oferta está abaixo da inflação projetada para o mês de agosto (9,57) deste ano. A proposta da Federação representa perdas de 2,8% para os trabalhadores.

Para o presidente do sindicato, em Joinville, Valdemar da Luz, os bancos tentam confundir os trabalhadores somando o abono de R$ 3.000 ao índice de 6,5%, como se isso representasse aumento real. “Querer enganar, justamente os bancários, que lidam diariamente com matemática financeira! Não aceitaremos os retrocessos propostos pela Fenaban.”

Os sindicatos pedem a reposição da inflação mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24 em junho), PLR de três salários, além de melhores condições de trabalhos entre outras reivindicações.

 “Apostamos na união e na mobilização da categoria, que jamais fugiu a luta, para que sejamos vitoriosos nessa Campanha, a exemplo das anteriores”, finalizou Luz. Na terça (6) e quinta-feira (8), os diretores do Sindicato dos Bancários de Joinville em Região percorrerão as agências entregando informativos e solicitação a adesão dos trabalhadores à greve.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade