Publicidade
Domingo, 24 de Setembro de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 19º C

Apple apresenta iPhone X a partir de US$ 999 e iPhone 8 a US$ 699 nos EUA

O modelo comemorativo dos 10 anos do smartphone abandona o botão "home", enquanto o sucessor do iPhone 7 tem tecnologia à prova de água

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
12/09/2017 às 17H59
Uma das novidades do iPhone 8 e iPhone 8 Plus é a tecnologia à prova de água - Divulgação/ND
Uma das novidades do iPhone 8 e iPhone 8 Plus é a tecnologia à prova de água - Divulgação/ND


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) -

A Apple revelou, nesta terça-feira (12), três novos celulares: o iPhone 8, 8 Plus e o iPhone X. O último se pronuncia, em inglês, iPhone "ten" ("dez") -como o algarismo romano. O iPhone X é uma edição comemorativa de dez anos desde o lançamento do primeiro iPhone, em 2007. Tim Cook, atual presidente da Apple, disse que o objetivo é que esse aparelho seja "o padrão de tecnologia para a próxima década", como foi o original.

No visual, os três dispositivos vêm cobertos de vidro ("o mais resistente de todos os tempos", segundo a empresa), dispensando a cobertura de alumínio que vinha sendo usada nos iPhones. O evento deu ênfase às novas câmeras com inteligência artificial, capazes de reconhecer padrões de rostos, paisagens ou animais, e o carregamento sem fio de todos os dispositivos (Apple Watch, Air Pods e iPhone).

Nenhum dos dois recursos é inédito. O iPhone 7 e 7 Plus já eram compatíveis com carregamento sem fio, e o Samsung Galaxy já adota uma tecnologia semelhante nas câmeras desde o S6.

A Apple aposta em tornar o reconhecimento facial o padrão para desbloquear celulares. No evento de lançamento, a empresa afirmou que a chance de fraude na impressão digital é de 1 para 50 mil, enquanto, no reconhecimento de rostos da Apple, seria de 1 em 1 milhão. A Apple instalou um processador com dois núcleos no iPhone X só para implementar o reconhecimento facial.

"É muito fácil, é só olhar [para o aparelho] e arrastar o dedo para cima", disse Craig Federighi, vice-presidente de engenharia de software da empresa. Na hora de demonstrar a tecnologia, porém, Federighi não conseguiu desbloquear seu celular. "Ops. Vamos usar o plano B", afirmou, antes de digitar sua senha manualmente. A quantidade de megapixels das câmeras traseiras, 12, é a mesma dos iPhone 7. A câmera frontal tem 7 MP.

Processadores

A maior novidade no iPhone 8, 8 Plus e iPhone X é a potência de seus processadores. O A11 Bionic terá seis núcleos, enquanto os antecessores tinham apenas quatro. Embora os concorrentes Android ofereçam processadores de oito núcleos, o A10 da Apple era o chip mais rápido do mercado, e o A11 deve manter essa posição.

No evento desta terça, a Apple afirmou que o A11 Bionic é 25% mais rápido que o A10. A memória RAM também aumentou, de 2 GB para 3 GB. Há concorrentes Android que chegam até 6 GB, mas os celulares não precisam de tanta memória, especialmente porque o novo iPhone conta com um processador gráfico (GPU).

A bateria do iPhone X deve durar duas horas a mais que as do iPhone 7.

Preços

Convertidos para reais sem considerar tarifas alfandegárias

iPhone 8

64GB: US$ 699 (R$ 2.186,40)

256GB: US$ 849 (R$ 2.655,59)

iPhone 8 Plus

64GB: US$ 799 (R$ 2.499,19)

256GB: US$ 949 (R$ 2.968,38)

iPhone X

64GB: US$ 999 (R$ 3.124,77)

256GB: US$ 1.149 (R$ 3.593,96)

Nova sede

O evento de lançamento do novo celular aconteceu na nova sede da Apple, o Apple Park, em Cupertino (Califórnia, EUA), inaugurado em abril de 2017. Considerado o último projeto de Steve Jobs, a sede custou US$ 5 bilhões, segundo a "Wired", e demorou oito anos para ser construída. Ela deve abrigar 2.000 funcionários quando a mudança estiver completa, no fim deste ano.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade