Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Após nove meses de tratamento contra a leucemia, menino Henrique morre em Curitiba

O menino de Jaraguá do Sul lutava contra a doença desde fevereiro

Adrieli Evarini
Joinville
Piero Ragazzi/O Correio do Povo/ND
Pequeno Henrique Neitzke faleceu às 18h deste sábado (31), em Curitiba

 

A batalha do garoto Henrique Neitzke contra a leucemia encerrou neste sábado (31). Segundo o pai do menino, Dalvo Neitzke, na sexta-feira (30) ele recebeu três doses da medicação Defibrotib, importada. "Ele recebeu três das 14 doses que estavam previstas", disse. Apesar da aparente recuperação, durante a madrugada, o garoto começou a ficar ofegante e precisou ser entubado.

Durante o sábado, os órgãos do pequeno Henrique enfraqueceram e por volta das 18h, a falência múltipla de órgãos encerrou a luta de Henrique. "O fígado, rim, pulmões e até o coração foram enfraquecendo. Como vou entrar em casa sem meu filho? Acabei de ver o pequeno corpo dele ali, na capelinha", lamentou o pai. O corpo do menino foi levado para Jaraguá do Sul, onde, segundo Neitzke, Henrique deve ser cremado na tarde deste domingo (01). 

Lutando pela vida desde que foi diagnosticado com leucemia, em fevereiro deste ano, Henrique passou por tratamentos e transplante de medula. Porém, mesmo após o transplante, as complicações no baço e fígado - a Síndrome da Obstrução Sinusoidal - fizeram com que vida do pequeno dependesse da medicação importada.

O garoto estava internado no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba, há mais de um mês.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade