Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Aos 60 anos, Rubens Melo, dono das rádios Cultura AM e Jovem Pan FM, morre em Joinville

Empresário trabalhou pela modernização da radiodifusão na cidade

João Batista (JB)
Joinville

A radiodifusão de Joinville lamentou nesta quarta (3) a morte do proprietário das rádios Cultura AM 1250 e Jovem Pan FM 91,1, Rubens de Melo, 60 anos, que faleceu durante a madrugada. O corpo de Melo foi velado no Cemitério Municipal de Joinville e levado à tarde para Jaraguá do Sul, onde seria cremado. Melo estava afastado do comando das emissoras desde 2004, quando foi vítima de um acidente de trânsito cujas sequelas o obrigaram a usar cadeira de rodas. A direção dos negócios ficou com a filha, Ana Paula Melo.

 

Divulgação/ND
Corpo de Rubens Melo foi cremado em Jaraguá do Sul

 

A morte de Melo deixa uma lacuna principalmente na história da rádio Cultura, que completou 55 anos de atuação em 2014, representando uma das emissoras mais tradicionais do Sul do país. O presidente do Sindicato dos Radialistas da Região Norte de Santa Catarina, José Eli Francisco, lamentou a perda daquele que foi seu “patrão e amigo”, conforme definiu. “A morte de Melo representa a perda de um homem que dinamizou o rádio de Joinville”, destacou.

Segundo Eli Francisco, Melo era um empresário que dava ampla liberdade para os funcionários, numa postura que contribuiu para o desenvolvimento do jornalismo no rádio, destacando as notícias locais e os esportes. “Ele defendia muito a categoria profissional, ficando ao lado dos radialistas em qualquer situação”, completou. Além de executivo na área de radiodifusão, Melo atuou com empresa de entretenimento – foi sócio de um bingo que funcionou no antigo clube Rariah – e ainda no mercado automotivo, à frente da concessionária Peugeot em Joinville.

Devidos às consequências do acidente, o empresário vivia mais recluso nos últimos anos. Ele deixa dois filhos e um neto.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade