Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Alunos se mobilizam para continuar produzindo cadeiras a portadores de disfunção neuromotora

Equipamentos são entregues gratuitamente às famílias de baixa renda

Redação ND
Joinville
Rogerio da Silva

Ana Paula Atanásio, Suzana Zielinski e Sara Bratti são alunas do curso de terapia ocupacional da ACE

“Pais dão banho em seus filhos em uma toalha por cima do piso frio ou bacias de lavar roupa”. Esta é a realidade encontrada pela coordenadora Winny Costa e pelos alunos da graduação em terapia ocupacional da ACE (Associação Catarinense de Ensino) quando visitam famílias carentes com crianças e adolescentes portadores de disfunção neuromotora. Para ajudar a mudar essa realidade, desde 2008, a instituição desenvolve o projeto mobiliário em PVC.

Alunos do quarto ano de terapia ocupacional confeccionam motocas e cadeiras de banho para idosos, crianças e adolescentes. Os equipamentos são entregues gratuitamente às famílias de baixa renda e são produzidos durante todo o período letivo. Em quatro anos de projeto, 240 cadeiras foram entregues.

Uma cadeira de banho para crianças e adolescentes com disfunção neuromotora chega a custar no mercado R$ 1.200. Para produzir cada cadeira, a ACE gasta R$ 242,64. Com o objetivo de implantar o Laboratório de Tecnologia Assistiva e criar acessibilidade para quem não tem condições de comprar estes equipamentos, em 2007 a ACE trouxe a Joinville a terapeuta ocupacional Grace Gasparini, criadora do mobiliário em PVC para o tratamento de crianças e adolescentes.

O Laboratório de Tecnologia Assistiva é um dos estágios pelos quais os acadêmicos do quarto ano precisam passar. Neste local, os 24 alunos se revezam para confeccionar diariamente os equipamentos adaptados. Cada cadeira é produzida de acordo com peso, altura e medidas de quem a receberá. E, para produzi-las de maneira ergonômica, os acadêmicos visitam a residência dessas crianças e medem o banheiro utilizado por elas.

Para Winny, a experiência enriquece a vida profissional dos futuros terapeutas ocupacionais. “Os alunos encontram uma realidade muito diferente e mais cruel do que a nossa”, comenta. “As atividades no laboratório são cada vez mais gratificantes para mim”, diz a aluna Sara Bratti, 20 anos, que cursa o terceiro ano, mas já observa os atendimentos domiciliares e produz as cadeiras.

O curso conta com o apoio de empresas e da comunidade acadêmica na doação do material. As empresas Amanco e Tigre fornecem os tubos e conexões, as cordas de PVC são adquiridas com os valores doados por outras instituições e pela comunidade. Atualmente, a ACE conta com o patrocínio da Creche Conde Modesto Leal, do Instituto Carlos Roberto Hansen, da Uroclínica Joinville e do empresário Arnaldo Fortuna, da Engefibra.

Bazar e mutirão

Está agendado para o dia 16 de junho um bazar cujo objetivo é arrecadar recursos para a montagem de mais cadeiras. Em paralelo ao bazar, alunos do quarto ano e voluntários, segundo a coordenadora Winny Costa, acadêmicos de outros cursos como direito, pedagogia e psicologia, farão um mutirão para confeccionar as cadeiras. A intenção é entregar, neste dia, 50 equipamentos de PVC. Até agora, há 16 crianças e adolescentes cadastrados para o recebimento e 15 cadeiras estão prontas. “Como não teremos tempo de ir até a casa das pessoas antes do mutirão, as famílias interessadas precisam vir até a ACE e trazer o diagnóstico com peso e tamanho da criança”, explica Winny.

O Instituto Amar também realizará o bazar para arrecadar recursos para o projeto. Winny pede à população que colabore para o bazar doando bijuterias, bolsas, roupas, calçados, livros e brinquedos em bom estado. Esses artigos serão vendidos a preços populares. O evento é aberto à comunidade e vai das 8 às 15h. As cadeiras serão fabricadas e poderão ser levadas no mesmo dia.

DOAÇÕES 

Para ajudar com doações e patrocínio, o telefone é 3026-4000.

Endereço da ACE: rua São José, nº 490, bairro Anita Garibaldi.

Endereço do Instituto Amar: rua Recreativa da Antarctica, nº 301, bairro América.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade