Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Airbus pagará R$ 30 milhões em indenizações a famílias de acidente da TAM

Acidente ocorreu em 2007 e 199 pessoas morreram; O acordo entre as partes foi homologado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no último dia 13 de novembro

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
11/12/2017 às 21H35

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Parentes de vítimas do acidente da TAM ocorrido em 2007 receberão R$ 30 milhões em indenizações da empresa fabricante de aeronaves Airbus. O acordo entre as partes foi homologado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no último dia 13 de novembro.

O acordo beneficia 93 parentes de 33 vítimas do acidente, que deixou 199 mortos. Segunda Gabriela Ristow, advogada representante das famílias, os valores a serem recebidos por cada uma vão de R$ 100 mil a R$ 4 milhões. A variação se deve ao fato de que, em alguns casos, os advogados pediram apenas indenização por danos morais e em outros, a defesa considerou que a família dependia financeiramente da vítima.

A TAM, que operava o voo, chegou a pagar indenizações às famílias. Posteriormente, por meio de um escritório de advocacia americano, o grupo de famílias beneficiado pelo acordo homologado em novembro decidiu também processar a Airbus em razão de falhas mecânicas na aeronave. O processo teve início em 2011.

Na noite de 17 de julho de 2007, um Airbus 320 da TAM não conseguiu parar ao tentar pousar no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, atravessou a pista e colidiu com um prédio da própria companhia aérea. No acidente, 199 pessoas morreram. O acordo vem mais de anos após o acidente. Até hoje, ninguém foi responsabilizado.

Depósito da TAM foi ao chão e uma praça foi construída no local - Valter Campanato/ Agência Brasil/ ND
Depósito da TAM foi ao chão e uma praça foi construída no local - Valter Campanato/ Agência Brasil/ ND



Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade