Publicidade
Sábado, 20 de Outubro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Piloto morre carbonizado após queda de aeronave em Ipumirim, Oeste de SC

Segundo o SAER, apenas uma pessoa constava no plano de vôo e foi encontrada sem vida no local do acidente

Redação ND
Florianópolis
15/09/2018 às 18H28

O avião que caiu em Ipumirim, no Oeste catarinense, na manhã deste sábado (15) seria de uma empresa de Chapecó, segundo as primeiras informações apuradas no local do acidente. Segundo o delegado Albert Silveira, do SAER-FRON (Serviço AeroPolicial de Fronteira) de Chapecó, apenas uma pessoa foi encontrada morta pelas equipes de salvamento, que seria o piloto da aeronave. O delegado afirmou que no plano de vôo também constava apenas um tripulante, mas sua identidade ainda não foi divulgada.

Destroços da aeronave se espalharam pela mata fechada, na localidade de Serra Alta, em Ipumirim - Roberto Bortolanza/RIC TV/Divulgação
Destroços da aeronave se espalharam pela mata fechada, na localidade de Serra Alta, em Ipumirim - Roberto Bortolanza/RIC TV/Divulgação


Segundo informações da rádio Atual FM, a aeronave caiu em uma região de mata fechada na comunidade de Serra Alta, no município de Ipumirim e trata-se de um bimotor com prefixo PR-RFB, modelo C90A, fabricado em 1999.

A aeronave estaria em situação normal para aeronavegação. Ela teria saído de Florianópolis com destino a Chapecó, mas perdeu altura na região de Serra Alta, chegando a colidir no telhado de uma casa.

O local foi isolado e a Aeronáutica foi acionada para fazer a perícia e os levantamentos sobre as causas do acidente, que aconteceu por volta das 12h. Equipes do Corpo de Bombeiros e Policia Militar também participaram da operação. O avião teria pegado fogo ao tocar o solo e peças da fuselagem ficaram espalhadas pela área, que é de difícil acesso e fica perto da divisa com o município de Arabutã.

Avião caiu em uma região de mata fechada em Ipumirim na manhã deste sábado - Reprodução/Rádio Atual FM/ ND
Piloto morreu após queda de avião em Ipumirim - Reprodução/Rádio Atual FM/ ND

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade