Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Acusado de matar a esposa em Balneário Piçarras diz que foi traído pela mulher

O suspeito afirma que descobriu no celular da vítima imagens da traição e que a discussão que resultou na morte da vítima

Redação ND
Joinville

O homem suspeito de matar e enterrar a esposa em Balneário Piçarras afirmou, na tarde desta terça-feira (10), na delegacia da cidade, que foi traído pela esposa. Devanir Loss, 49 anos, confirmou que enterrou o corpo e alegou que a morte da companheira foi acidental. Loss estava preso em Arapongas (PR) desde a quinta-feira (5) e foi transferido para Santa Catarina por policiais civis.

O suspeito afirma que descobriu no celular da vítima imagens da traição e que a discussão que resultou na morte de Flávia de Souza França, 25, teria iniciado quando ele pediu o telefone da esposa para comprovar a traição. De acordo com a versão do suspeito, a mulher teria se armado com um canivete que estava no porta-luvas do carro e tentou feri-lo. Na briga para imobilizar a mulher, a arma teria atingido a barriga da vítima, ainda de acordo com o relato de Loss.

Patrícia Silveira/RICTV Record/ND
Loss negou envolvimento com as sobrinhas da vítima, de 15 e 16 anos

 

Em seguida, a mulher teria saído do carro e partido para cima do suspeito, que a teria afastado com um chute. A vítima então teria se desequilibrado e caído, batendo com a cabeça em uma pedra. Loss afirma que teria tentado reanimar a esposa e, em desespero, teria enterrado o corpo. O suspeito também nega envolvimento com as duas sobrinhas da vítima, de 15 e 16 anos.

Loss deve indicar, na manhã desta quarta-feira, o local exato onde o corpo foi enterrado. A polícia avalia a possibilidade de realizar uma reconstituição para determinar qual a participação da adolescente no crime.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade