Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Acidentes com moto lideram estatística no trânsito de Joinville

Semana Nacional de Trânsito traz novo alerta para os riscos da imprudência nas ruas

Windson Prado
Joinville
20/09/2016 às 14H36

Joinville chega à Semana Nacional de Trânsito com uma estatística bastante preocupante em relação aos acidentes. Se em 2015, o Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville foi chamado para atender a 2.808 acidentes de trânsito na cidade, neste ano, até a manhã de ontem, já eram 2.207 ocorrências atendidas pelos socorristas.

Os números reforçam o senso comum e estatísticas anteriores que apontam que grande parte dos acidentes registrados em Joinville envolvem motos. Em 2015, foram 1.799 ocorrências envolvendo motocicletas. Neste ano, já são 1.386 - 865 são casos de batidas entre carro e moto. Depois deste tipo de acidente, a queda de moto é o tipo de acidente de trânsito mais registrado pelos bombeiros. Foram 241 casos assim neste ano.

Respeito às leis e bom senso auxiliam na redução das estatísticas - Luciano Moraes/ND
Respeito às leis e bom senso auxiliam na redução das estatísticas - Luciano Moraes/ND



A imprudência, tanto dos motociclistas quanto dos motoristas, tem sido a principal causa dos acidentes, segundo o gerente de Trânsito do Detrans (Departamento de Trânsito de Joinville), Marcelo Danner. Outro ponto que o especialista observa é o fato da grande quantidade de motos que existem na cidade. “O grande número de acidentes envolvendo motociclistas é decorrente do aumento significativo do número de motos na cidade. Como há muito mais motos do que carros, os acidentes envolvendo estes veículos também são maioria”, comenta Danner.

Ele acrescenta que a imprudência ainda impera entre os agentes do trânsito. “Nas ruas, a gente vê muitos motociclistas que insistem em transitar no corredor de ônibus, avançar o sinal vermelho e praticando ações que os deixam ainda mais vulnerável.”

Danner finaliza dizendo que para um trânsito melhor, todos, motociclistas, motoristas, ciclistas e pedestres, precisam repensar suas atitudes. “A responsabilidade não é só do motociclista, e sim de todos que utilizam o trânsito. Precisamos pensar mais em prudência e responsabilidade para fazer um trânsito melhor”, completa.

De acordo com dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), no mundo cerca de 1.300.000 de pessoas morrem por ano vítimas dos acidentes de trânsito, o quem representa mais de 3.500 óbitos por dia.

Na região das Américas, o trânsito representa a principal causa de morte na faixa etária de cinco a 14 anos e a segunda causa na faixa etária de 15 a 44 anos, resultando em 142 mil mortes anuais e cerca de 5.000.000 de lesionados. Santa Catarina tem a maior taxa média de mortes por 100.000 habitantes (33,1) do país, além de ter a maior parte dos municípios com as maiores taxas do País. 

 

Atividades da semana em Joinville

Reduzir a quantidade de acidentes, tornar o trânsito mais humano e cordial são alguns dos principais objetivos da Semana Nacional do Trânsito, que ocorre até domingo, em todo o Brasil. O tema deste ano é “Década Mundial de Ações para a Segurança no trânsito – 2011/2020: Eu sou + 1 por um trânsito + seguro” e tem como objetivo é conscientizar o cidadão de sua responsabilidade no trânsito, valorizando ações do cotidiano.

Em Joinville, as atividades da Semana iniciam hoje, e prosseguem até o fim do mês. Neste ano, a programação é mais tímida. A prefeitura não vai aderir ao movimento Dia Mundial Sem Carro, por exemplo. As atividades estarão voltadas aos alunos das escolas de Joinville, que farão visitas à Eptran (Escola Pública de Trânsito de Joinville). Nas visitas, crianças e adolescentes participarão de palestras, exposições e atividades lúdicas a respeito da segurança no trânsito.

Os alunos vão receber orientações sobre o tema e serão envolvidos em atividades lúdicas. Esta ação acontece na sede da Eptran, localizada junto à Fundamas (rua Monsenhor Gercino, 1.040, bairro Itaum) e tem o apoio da Univille e da Fundamas.

A gerente da Escola Pública de Trânsito de Joinville, Ana Maria Dias da Costa, explica que o tema trânsito remete à reflexão sobre as características de modos de vida e relações sociais. “Nossa intenção, através da Semana do Trânsito, é estimular nos alunos atitudes e valores pautados no respeito, na cooperação, na solidariedade, entre outros princípios fundamentais à vida em sociedade”, destaca a gerente.

 


Estatística:

Carro x Bicicleta

Janeiro a setembro 2015: 154

Janeiro a 19 de setembro de 2016: 189

Total 2015: 213

Total 2016: 189

 

Carro x Carro

Janeiro a setembro 2015: 200

Janeiro a 19 de setembro de 2016: 208

Total 2015: 271

Total 2016: 208

 

Carro x Moto

Janeiro a setembro 2015: 873

Janeiro a 19 de setembro de 2016: 865

Total 2015: 1.144

Total 2016: 865

 

Queda de moto

Janeiro a setembro 2015: 237

Janeiro a 19 de setembro de 2016: 241

Total 2015: 336

Total 2016: 241

 

Queda de Bicicleta

Janeiro a setembro 2015: 90

Janeiro a 19 de setembro de 2016:121

Total 2015: 129

Total 2016:121

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade