Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Radicado em Joinville, Allison Francioni é o grande nome do vôlei de praia da cidade

Natural de Fortaleza-CE, atleta é integrante da Seleção Brasileira da modalidade e irá disputar o Jasc por Joinville

Lucas Reschke Pavin
Joinville
Germano Rorato/ND
Allison Francioni (à esq.) treinou com seu companheiro de Jasc, Magrão, na tarde de quinta (2)

Tamiris de Liz, no atletismo, Ramires, no futebol, irmãos Nakashima, no tênis de mesa, Thiago Splitter, no basquete, Chumbinho, no MotoCross. A cidade de Joinville está muito bem representada por vários nomes, em diversas modalidades, que se destacam no cenário nacional e até mundial. No vôlei de praia não é diferente. Natural de Fortaleza-CE, mas radicado no município mais populoso de Santa Catarina desde os dois anos, Allison Francioni vem se destacando e colocando seu nome entre um dos principais no esporte de areia.

Descoberto pelo professor de Educação Física, Sílvio José Rodrigues, o atleta iniciou sua trajetória aos 13 anos, sendo revelado nas categorias de base da Felej (Fundação de Esportes, Lazer e Eventos de Joinville). Com um potencial diferenciado, Francioni chamou a atenção da Seleção Brasileira e quatro anos depois de dar as primeiras cortadas, foi chamado para treinar com os melhores jogadores do país, no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Voleibol, situado em Saquarema, no Rio de Janeiro. De lá para cá, a carreira do jogador de 1,94m alavancou e ao lado do carioca Gustavo Albrecht Carvalhaes, o Guto, vieram os resultados positivos, seguidos de títulos. Entre os principais, estão o Campeonato Mundial Sub-21, em Umag, Croácia, etapas do Circuito Banco do Brasil Nacional e Sul-Americano.

Após brilhar seu talento nas areias espalhadas pelo Brasil e pelo Mundo, chegou a vez do cearense/catarinense acrescentar ainda mais qualidade a delegação de Joinville, que irá disputar o Jasc (Jogos Abertos de Santa Catarina), no mês de novembro. Formando dupla com o experiente Márcio Jonathan Rosa, o Magrão, e supervisionado pelo seu técnico na infância, Sílvio Rodrigues, Francioni volta a representar a cidade que o revelou para o esporte. Em meio à agenda lotada de treinos e competições, o atleta de 21 anos aproveitou a folga de páscoa para treinar com o seu novo parceiro, pela primeira vez, na tarde de quinta (2). “Estou bem empolgado. Venho de uma temporada muito boa e junto com a experiência do Magrão estou bem confiante para disputar o Jasc, ainda mais representando a minha cidade de coração”, disse Francioni em entrevista ao ND. “Temos tudo para ficar entre os três melhores do Estado, mas queremos muito o primeiro lugar e vamos treinar para isto”, afirmou Magrão.

Sonho olímpico

Apesar da pouca idade, a mentalidade de Allison Francioni é de gente grande. Os títulos e as convocações para a Seleção Brasileira, no entanto, não são suficientes para o atleta, que traça um objetivo principal a ser alcançado na sua carreira no vôlei de praia: representar o Brasil em uma Olimpíada. Mas a participação no Rio 2016 não depende apenas de Allison e Guto.

Quinta melhor dupla brasileira na temporada 2014, os jogadores não disputam a corrida olímpica, composta pelos quatro líderes do ranking: Ricardo/Emanuel, Alison/Bruno Schmidt, Vítor Felipe/Álvaro Filho e Pedro Solberg/Evandro, que participam do Campeonato Mundial, marcado entre os dias 26 de junho e 5 de julho, na Holanda. “Meu maior sonho é participar e ser campeão olímpico. Em curto prazo, procuramos recursos para rodar no Circuito Mundial e ganhar mais experiência para chegar numa futura Olimpíada. Para o ano que vem está difícil, mas não custa sonhar”, afirmou o joinvilense, que caso não consiga uma vaga nos Jogos do Rio, passa a focar na Olimpíada de 2020, que será realizado em Tóquio, no Japão. 

Principais resultados na carreira de Allison Francioni


- Vice-campeão das etapas de Fortaleza (CE) e Salvdador (BA) e terceiro colocado da etapa de Niterói (RJ) do Circuito Banco do Brasil 2014/2015
- Vice-campeão da etapa de Peru do Circuito Sul-Americano 2014/2015
- Terceiro colocado no Campeonato Mundial Sub-23 (Myslowice, Polônia)
- Campeão mundial sub-21 em 2013 (Umag, Croácia)
- Campeão da etapa de Campo Grande (MS) do Circuito Banco do Brasil Challenger 2014
- Campeão Sul-americano na etapa da Bolívia, em março de 2015
- Campeão da etapa de Macaé (RJ) do Circuito Sul-Americano 2014 e terceiro lugar nas etapas do Chile e Peru
- Terceiro colocado do Super Praia B 2014, em Salvador (BA)
-Campeão da etapa 1 de Campinas (SP) do Circuito Banco do Brasil Nacional 2013/2014 e terceiro lugar da etapa 2 de Campinas (SP)
- Campeão das etapas Verão de Campinas (SP) e Brasília (DF) do Circuito Banco do Brasil Sub-21 2013
- Campeão da etapa do Rio de Janeiro (RJ) do Circuito Banco do Brasil Sub-23 2013, vice em Campo Grande (MS) e terceiro em Vitória (ES)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade