Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Krona é eliminada na Liga Futsal

Time joinvilense empatou no tempo normal e perdeu na prorrogação para o Corinthians

Renan Dias Silveira
Joinville
Krona/Divulgação/ND
Time joinvilense não conseguiu fazer gol na prorrogação e deixou a Liga Nacional

Com uma recuperação nos últimos segundos do segundo tempo, a Krona Futsal conseguiu levar a decisão da vaga às semifinais da Liga Nacional de Futsal para a prorrogação. Depois de um 2 a 2 no tempo normal, com dois gols de Leco, o tempo extra foi de vitória do Corinthians na noite de segunda-feira (26) por 1 a 0, 3 a 2 no somatório. Com isso, o time paulista se junta a Intelli, Brasil Kirin e ACBF nas semifinais.

Os primeiros minutos de jogo foram de jogadas faltosas, mas também de boas chances, com a de Pixote, aos 3 minutos, em chute cruzado que passou à direita do goleiro do Corinthians, Guitta.

A resposta do Corinthians foi ainda mais perigosa, aos 4. Em jogada trabalhada, Nenê achou Rafa livre na direita e, sem goleiro, o camisa 19 dos donos da casa chutou para fora.

O jogo era aberto. No lance seguinte, Danilo Baron deu bela assistência para Pixote que livre na entrada da área esbarrou em boa defesa de Guitta.

Aos 5, a gol da Krona. Em contra-ataque, Leco levou pelo meio e em jogada individual o capitão do Tricolor chutou de perna esquerda para abrir o placar.

Nos minutos seguintes, pressão dos donos da casa empurrados por um ginásio cheio, que teve portões abertos à torcida. Porém, Neto, Caio, Simi, Elizandro paravam no goleiro Dudu ou na defesa do time joinvilense.

A insistência do Corinthians surtiu efeito aos 13, quando Nenê recebeu livre na direita e chutou cruzado para empatar a partida.

A virada do Corinthians só não veio aos 17 porque Elizandro acertou a trave e em mais três lances Dudu defendeu chute forte de Neto, chute de Elizandro e finalização de Valdin.

O segundo tempo foi de estudo de ambos os lados, com as chances diminuindo. Depois dos primeiros dez minutos só deu Corinthians, mas Dudu voltou a fazer grandes e providenciais defesas. A tônica do duelo era essa, quase ataque contra defesa.

A pressão dos donos da casa fez efeito. Faltando sete minutos para o fim do jogo, Artur virou o confronto em um chute de perna esquerda que desviou na marcação da Krona.

Tudo se encaminhava para a classificação paulista, mas faltando um minuto para o fim da partida, Leco fez o gol de empate após passe de Sinoê, silenciando o Parque São Jorge. A partida se encaminhou para a prorrogação.

Na prorrogação, a Krona Futsal já voltou com Pixote como goleiro-linha. A mudança não implicou em grandes chances para os visitantes, mas deixou o jogo ainda mais aberto.

No segundo tempo da prorrogação a pressão era da Krona. Aos 2, Alex soltou uma bomba e só não marcou porque Guitta fez boa defesa.

Enquanto isso, a função de goleiro-linha não dava certo ao Tricolor. Pelo contrário, faltando pouco mais de um minuto para o fim do jogo, Neto abriu o placar na prorrogação ao chutar da própria quadra. Restava à Krona quase um milagre de virar o jogo em poucos segundos. Não havia tempo para mais nada.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade