Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Figueirense perde para Ponte Preta e deixa zona de classificação no Brasileiro da Série B

Goleiro Denis que fez grandes defesas na partida, mas acabou falhando quando soltou a bola no gol da Macaca. Alvinegro caiu duas posições e ficou na quinta posição

Michael Gonçalves
Florianópolis
30/06/2018 às 20H01

Sem inspiração, o Figueirense foi derrotado pela Ponte Preta por 2 a 0 neste sábado (30), em Florianópolis, e vaiado pelos torcedores no estádio Orlando Scarpelli, pela 13ª rodada do Brasileiro da Série B. O resultado não foi o esperado pelo Furacão do Estreito, que deixou o clube fora da zona de classificação para a elite do futebol nacional na 5ª posição. A vitória da Macaca teve início com uma falha do goleiro Denis, que soltou a bola no pé do zagueiro Léo Santos. Na próxima quinta-feira (5), o Alvinegro encara o Criciúma, às 21h, no Sul do Estado.

A equipe de Campinas (SP) começou pressionando desde os primeiros segundos. Com menos de um minuto, o meia-atacante Tiago Real arriscou da quina da grande área e a bola desviou em João Paulo antes de sair em escanteio. Aos oito minutos, o atacante André Luís, da Ponte Preta, faz grande jogada pela direita e dentro da área tocou no cantinho, mas Denis fez uma grande defesa.

A Ponte Preta parecia que estava jogando em seus domínios e, aos 23, levou perigo ao gol do Figueirense mais uma vez. Em tabelinha do atacante Júnior Santos com o meia André Luís, o zagueiro Nogueira salvou o primeiro gol do time paulista.

Ponte Preta venceu o Figueirense por 2 a 0 - Mafalda Press/Folhapress
Ponte Preta venceu o Figueirense por 2 a 0 - Mafalda Press/Folhapress



O Alvinegro chegou aos 26, quando o volante Abuda chutou sobre o gol. Quatro minutos depois, João Paulo deixou Maikon Leite livre dentro da área, mas o atacante correu mais do que a bola e acabou perdendo a melhor oportunidade do Figueirense no primeiro tempo.

A rede balançou aos 42, quando o atacante Danilo Barcelos cobrou uma falta da intermediária com violência. O goleiro Denis tentou pegar firme a bola, mas soltou nos pés do zagueiro Léo Santos. Na primeira tentativa, o defensor chutou no travessão e no rebote, a bola bateu em seu corpo e cruzou a linha do gol. Nos acréscimos, a Ponte Preta teve a chance de ampliar com o atacante Júnior Santos em contra-ataque, mas o volante Zé Antônio conseguiu recuperar a jogada.

Na etapa final, o Figueirense voltou um pouco melhor com a entrada de Daniel Costa. Logo nos primeiros minutos, o atacante Maikon Leite teve a chance do empate, mas cabeceou para fora. Aos 14, Diego Renan arriscou da intermediária e o goleiro Ivan, que fez a sua primeira defesa do jogo, espalmou. João Paulo pegou o rebote e perdeu mais uma oportunidade.

A Ponte Preta respondeu com o meia Tiago Real, que chutou de fora da área. Denis fez a defesa parcial e o lateral Guilherme Lazaroni afastou o perigo. O Alvinegro chegou com perigo em cobrança de falta aos 30. O lateral Diego Renan fez a cobrança na área e o centroavante André Luís raspou com a cabeça, mas pela lateral do gol de Ivan. A Macaca continou no ataque e o goleiro Denis fez dois milagres seguidos, em chutes de Neto Costa e Felipe Saraiva. 

A partir daí, o Figueirense esboçou uma reação e o atacante Juninho ficou cara a cara com Ivan, mas adiantou a bola. O Alvinegro continuava na pressão, mas o time paulista saiu no contra-ataque e ampliou a vantagem aos 44. Júnior Santos arrancou e quando chegou à linha de fundo rolou para Saraiva marcar o segundo gol do jogo.

Ficha técnica:

Figueirense 0 x 2 Ponte Preta

Figueirense: Denis; Diego Renan, Nogueira, Cléberson e Lazaroni; Zé Antônio, Abuda (Daniel Costa), Renan Mota e João Paulo (Juninho); Maikon Leite e André Luis (Henan). Técnico: Milton Cruz.

Ponte Preta: Ivan; Igor, Léo Santos, Renan Fonseca e Ruan (Neto Costa); Nathan, João Vitor (Maciel) e Tiago Real; André Luis (Felipe Saraiva), Júnior Santos e Danilo Barcelos. Técnico: João Brigatti.

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis; Data: 30/06/18; Hora: 18h

Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Júnior-PE; auxiliado por Marcelino Castro de Nazare-PE e Bruno César Chaves Vieira-PE.

Amarelos: João Vitor, Neto Costa, Saraiva e Ivan (P); Abuda, Renan Mota, Cleberson e André Luís (F)

Gol: 1T – aos 42, Léo Santos (P); 2T - aos 44, Felipe Saraiva (P)

Público total: 3.833

Público pagante: 3.796

Renda: R$ 84.078,00

Publicidade

1 Comentário

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade