Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Nadador João Borin é uma das promessas de Joinville nos Jogos Abertos

Atleta disputará os Jasc pela primeira vez e expectativa é chegar à final

Renan Dias Silveira
Joinville

Tradicional celeiro de grandes atletas, os Jogos Abertos de Santa Catarina também abrem espaços para novos rostos do esporte. É o caso do joinvilense João da Rocha Borin, uma promessa da natação. João fará sua estreia nesta importante competição que se inicia no dia 20. A 53ª edição do Jasc acontece em Blumenau e deve ter presença de, pelo menos, 290 atletas joinvilenses espalhados em 33 modalidades.

Luciano Moraes/ND
Aos 15 anos, João da Rocha Borin treina duas horas por dia, de segunda a sábado

 

Ainda idealizando a sua primeira vez, o nadador João Borin, de apenas 15 anos, conta os dias para pular na piscina pelo torneio. “Não conheço muito, mas a expectativa é muito grande. Vai ser legal, até agora só competi nos Joguinhos”, comenta.

Com mais de cinco anos dedicados à natação, o joinvilense treina de segunda a sábado, duas horas por dia, no Joinville Tênis Clube sob orientação do técnico Ricardo Carvalho. Sua mais recente conquista foi a medalha de bronze nos 400 metros livre, no Catarinense Juvenil.

João irá competir nas provas de longa distância em Blumenau. O atleta nadará os 200 metros, 400 metros e 1500 metros livre. “Gosto de provas de fundo. Me sinto bem nessas provas mais de estratégia do que explosão”. O resultado pouco importa, o objetivo do jovem que pretende cursar Engenharia Civil é chegar numa final. “É a melhor fase da minha carreira, mas pretendo melhorar. O Jasc é uma competição muito difícil, mas vale pontuar e adquirir experiência. Quem sabe chegar entre os oito”, almeja o admirador de Cesar Cielo.

Perguntado sobre o maior sonho de vida e do esporte, João diz que ambos estão aliados no seu pensamento. “Meu sonho de vida é o mesmo no esporte. Quero disputar uma Olimpíada. A próxima (2016) fica difícil, tem gente muito boa na minha frente, mas têm muitas pela frente”, projeta. Mesmo tímido, João esbanja personalidade. “Gosto dele (Cielo) por ficar tanto tempo no auge, mas não me espelho em ninguém e não tenho nenhum ídolo. Sigo meu próprio caminho”.

 

Natação feminina em busca do Tetra

Com 11 títulos conquistados no Jasc sob o comando do técnico Ricardo Carvalho, a natação joinvilense estreia no dia 27 na competição. As provas de natação vão até o dia 29 no Complexo Esportivo do Sesi. Ao todo, serão 16 nadadores, oito homens e oito mulheres.

Um dos elencos favoritos entre as mulheres, onde Joinville é tricampeão, a delegação não apresenta as mesmas perspectivas no masculino, onde todas as atenções estarão com os atletas de Itajaí e Florianópolis. Individualmente, Isabella Zandavalli, Carolina Bergamaschi, Eduardo Fisher e Daniel Orzechowicz são as principais esperanças de medalhas. Para o técnico Ricardo Carvalho, o objetivo é disputar o título no feminino e subir no pódio no masculino.

Os atletas joinvilenses disputarão as provas nas cinco modalidades; livre, costa, peito, borboleta e medley. No livre, nadarão os 50m, 100m, 200m, 400m, 800m (só no feminino), 1.500m (só no masculino), 4x100m e 4x200m. No nado de costa, as disputas serão no 100m e 200m. No peito, 100m e 200m. No borboleta, 100m e 200m. No medley, 200m e 400m. Além disso, o Jasc terá a competição de 4x100m nos quatro estilos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade