Publicidade
Domingo, 16 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

O dia-a-dia de Joinville e região contado por Luiz Veríssimo.

Santander da rua do Príncipe é o único de Joinville que não está respeitando lei municipal

Lei que obriga os bancos a instalarem divisórias entre os caixas e o local de espera dos clientes não está sendo cumprida

Agência não cumpre a lei

A agência do Santander da rua do Príncipe é a única de Joinville que não está respeitando a lei municipal que obriga os bancos a instalarem divisórias entre os caixas e o local de espera dos clientes. Se a multa fosse aplicada desde o início da lei, o banco espanhol já teria pago cerca de R$ 1 milhão até ontem.

A lei 8177/16, de autoria do vereador Jaime Evaristo (PSC) foi sancionada em janeiro e concedeu um prazo de 180 dias. Todas as agências obedeceram o prazo, exceto a do Santander da rua do Príncipe. Se a multa diária de 21 UPMs fosse aplicada desde 21 de junho, final do prazo, a dívida do Santander seria aproximadamente R$ 1 milhão. Isso não ocorreu. 

Procon de Joinville fez uma ampla fiscalização em todas as agências para verificar se as leis municipais estavam sendo cumpridas - Divulgação/ND
Procon de Joinville fez uma ampla fiscalização em todas as agências para verificar se as leis municipais estavam sendo cumpridas - Divulgação/ND


Procon já notificou

Em janeiro, o Procon de Joinville fez uma ampla fiscalização em todas as agências para verificar se as leis municipais estavam sendo cumpridas, entre elas a de instalação de bebedouros, cadeiras e senhas. Em 8 de dezembro, um fiscal do órgão esteve na agência do Santander e comprovou a inobservância da lei sobre as divisórias. A notificação deu um prazo de 15 dias para regularização.

“Se houvesse bom senso por parte dos bancos, talvez nem precisássemos desta lei, cujo único foco é dar mais segurança aos clientes através das divisórias, evitando as saidinhas, os assaltos fora das agências.”

Vereador Jaime Evaristo (PSC), autor da lei que obriga as divisórias nas agências bancárias.

 

Vereador agora é réu

O juiz Gustavo Aracheski (2ª Vara Criminal) aceitou ontem a denúncia do Ministério Público contra os seis investigados do Núcleo 2 da “Operação Blackmail, que agora são réus de um processo criminal envolvendo crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência”. É o caso do vereador (afastado) João Carlos Gonçalves (PMDB) e outros cinco indiciados.

 

Só em 2017

Todos eles serão citados e os advogados terão prazo de dez dias para apresentarem suas defesas. Devido ao recesso do Poder Judiciário, que ocorrerá entre os dias 20 de dezembro e 7 de janeiro, o prazo é suspenso neste período.

 

Prefeitos eleitos de São Francisco do Sul, Renato Gama Lobo (à dir.) e de Araquari, Clenilton Pereira, receberam seus diplomas na quinta-feira (15) à tarde no Fórum de São Chico - Fernanda Ourique/Divulgação/ND
Prefeitos eleitos de São Francisco do Sul, Renato Gama Lobo (à dir.) e de Araquari, Clenilton Pereira, receberam seus diplomas na quinta-feira (15) à tarde no Fórum de São Chico - Fernanda Ourique/Divulgação/ND

Diplomação

Os prefeitos eleitos de São Francisco do Sul, Renato Gama Lobo (dir.) e de Araquari, Clenilton Pereira, receberam seus diplomas ontem à tarde no Fórum de São Francisco do Sul, acompanhados por suas esposas. Na mesma solenidade, foram diplomados também os prefeitos e vereadores eleitos da região.

 

Araquari

Clenilton Pereira (PSD) vai governar com mais recursos em seu primeiro ano. Araquari teve a maior variação positiva do IPM (Índice de Participação dos Municípios) do Estado. São 24,2% de crescimento para 2017, o que representa cerca de R$ 5,5 milhões a mais para a cidade em relação a 2016. Isso é resultado da instalação da fábrica da BMW.

 

Distância

Joinville aumentou a diferença sobre Itajaí no IPM. O percentual na divisão do retorno de ICMS será de 9,07%, contra 7,1% do segundo colocado (Itajaí) e de 4,8% de Blumenau.

 

Experiência Uber

O jornalista Sergio Sestrem tem sido um cliente regular do Uber e garante que o preço médio é 60% menor do que o táxi. Um dos motoristas revelou a ele que o movimento em Joinville está “melhor” do que Florianópolis porque o tempo ocioso aqui é menor. Ele tem um carro Uber na Capital e outro em Joinville.

 

Comunicação social

A juíza Karen Schubert Reimer tomou posse ontem em Brasília como integrante da secretaria de comunicação da AMB (Associação dos Magistrados do Brasil). Ela é titular da 1ª Vara Criminal de Joinville.

 

Mural

- A diplomação dos eleitos em Joinville ocorrerá na próxima segunda-feira.

- Em decorrência das festas de fim de ano e da temporada de verão, as obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário em Balneário Piçarras serão paralisadas a partir do dia 23 de dezembro.

- As frentes de trabalho retomarão as atividades no dia 9 de janeiro de 2017. Segundo o último relatório divulgado, a implantação da rede coletora de esgoto atingiu a marca dos 27.251,83 metros (89% do previsto).

Publicidade
Publicidade
Publicidade