Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

O dia-a-dia de Joinville e região contado por Luiz Veríssimo.

Ex-prefeito Violantino Rodrigues se despede de Joinville

Luiz Veríssimo
Luiz Veríssimo/ND
Depois de morar 50 anos em Joinville, Violantino Rodriges vai se mudar para Minas Gerais

 

Depois de 50 anos em Joinville, onde exerceu a medicina, foi vereador, presidente da Câmara de Vereadores e prefeito, Violantino Rodrigues está concluindo sua mudança para deixar a cidade. Ele vai morar em seu sítio próximo ao centro da pequena Mambui, distante 500 km de Belo Horizonte.

 Próximo de completar 90 anos, “Dr. Violantino”, como é conhecido na política e no consultório, concluiu que chegou a hora de deixar Joinville. “Estou só aqui”, lembrou ele. Seus dois filhos estão em Belo Horizonte e a tranquilidade do sítio que possui no interior o convenceu a mudar de ares, ou melhor, de chuva.

 Primeiro dos médicos mineiros a desembarcar em Joinville, Violantino dividiu a medicina com a política. Em 1972 - sua primeira eleição - recebeu expressiva votação como vereador e já começou como presidente da Câmara. Sua amizade com o prefeito Pedro Ivo (1973/1977) e com o candidato Luiz Henrique contribuiu para ser o candidato a vice-prefeito em 1976.

 Em 1982, quando Luiz Henrique renunciou para concorrer a deputado federal, Violantino assumiu a Prefeitura por seis meses. Uma de suas obras mais lembradas foi transformar parte da rua do Príncipe em “calçadão”. Ao deixar a Prefeitura, em 1983, nunca mais retornou à política. Dentro de uma ou duas semanas ele vai deixar Joinville e também não pretende retornar.

Divulgação/ND
Um dos principais shoppings de Joinville lança nesta terça-feira sua campanha “20 anos de Natal para contar” e aderiu a campanha “Novembro Azul”.

20 anos de Natal
O Shopping Mueller lança nestaq terça-feira, às 10h30, sua campanha de Natal 2015. O nome não poderia ser mais sugestivo: “20 anos de Natal para contar”. Este ano, um dos primeiros shoppings de Joinville aderiu ao movimento “Novembro Azul” ao iluminar sua fachada com a cor azul para chamar a atenção ao câncer de próstata.  

Carlos Junior/ND
Temor da falta de combustível devido à greve dos caminhoneiros provocou filas nos postos de combutível nesta segunda em Joinville

Desabastecimento
A maioria dos postos de combustíveis de Joinville esgotou seus depósitos de gasolina (comum e aditivada) até o final da noite desta segunda-feira. Outros, à tarde, colocaram cones na entrada para evitar que os veículos se aproximassem das bombas, como um localizado na rua Monsenhor Gercino. Outro, no bairro Saguaçu vendeu seus 4.000 litros de gasolina no início da tarde. As grandes filas de ontem foram motivadas pela preocupação de que a greve dos caminhoneiros venha a “desabastecer” a cidade nos próximos dias. A coluna aposta que é alarme falso e a situação vai ser normalizada nesta terçae.

Dívida pública
No encontro dos conselheiros da Acij (Associação Empresarial de Joinville) com os deputados de Joinville, nesta segunda-feira à noite na sede da entidade, o deputado federal Mauro Mariani (PMDB) descreveu um cenário sombrio ao comentar a dívida pública da administração federal. Segundo ele, só de juros desta dívida, o país paga R$ 600 bilhões por ano. Para termos uma ideia do tamanho desta montanha, ele comparou com os R$ 2 bilhões gastos por ano na área da saúde.

Marketing
A Associação Empresarial e a CDL de Jaraguá do Sul confirmaram nesta segunda as presenças de dois executivos de marketing para o “Encontro com Marcas de Sucesso” que ocorrerá dia 17 no Centro Empresarial da cidade. João Ciaco, diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat e ex-presidente da ABA (Associação Brasileira dos Anunciantes); e de Eduardo Tracanella, superintendente de marketing institucional do Itaú. 

Mural

- Na próxima quinta-feira, o Hospital Dona Helena completa 99 anos e inicia a contagem regressiva para comemoração de seu centenário em 2016. - Muitas ações estão previstas para marcar a data e divulgar as conquistas da instituição.

 - A mulher e principal conselheira do vereador Maycon César (PSDB) continua utilizando intimações extrajudiciais para tentar intimidar a imprensa.

 - Desta vez a vítima é este colunista. O caso será entregue ao advogado, mas ela jamais vai conseguir me intimidar.

 - Ela não é funcionária da Câmara de Vereadores e sim do gabinete de uma deputada estadual da Grande Florianópolis.

 - É a mesma que foi acusada de chamar os trabalhadores de reciclagem de “morto de fome”.

 - Definida a executiva provisória do PPS de Joinville, que passa a ser presidida por Júlio Serpa e com Jaime Duarte como tesoureiro-geral.

 - Os vice-presidentes são os vereadores Levi Rioschi (1º) e Dorval Pretti (2º). A secretária-geral é Alessandra Niehues.

Publicidade
Publicidade
Publicidade