Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C
  • Novidade no ar. Coluna "No Giro da Bola" agora também online

    Nike quer Tamiris

    O competente repórter Cláudio Fernandes traz nesta edição uma excelente matéria sobre Margit Weise, técnica da velocista Tamiris de Liz. Rápida e talentosa, a atleta joinvilense chamou atenção de instituições, universidades e marcas esportivas. A Nike, por exemplo, que não investe em qualquer atleta, sondou Tamiris para fornecer todo o material esportivo. Este assédio é normal, visto que ela tem apenas 16 anos e tem tempo para aperfeiçoar na parte técnica. Porém agora que está lá em alta é fácil. Não podemos nos esquecer da empresa Rogga S.A. e também da Felej que estiveram com ela desde o começo da carreira. Gratidão, né.

     

    Rogerio da Silva/ND
    Assédio de grandes marcas chegaram à pérola Tamiris de Liz

     

    O que acontece com a base do JEC?

    Na tarde de ontem, o meio-campo Jocinei, revelado nas categorias de base do JEC, disse que quer sair. Sem espaço no elenco principal, o atleta mudou de procurador e afirmou[...]

    Leia mais
  • Jocinei deixa o JEC e lateral Eduardo é valorizado

    Rogerio da Silva/Arquivo/ND
    Vindo do Vasco-RJ em 2009, lateral-direito foi valorizado no JEC este ano

     

    Bastidores do tricolor

    A quinta-feira foi agitada nos corredores da Arena Joinville. Jocinei, conforme a coluna informou ontem, acertou sua rescisão com o Joinville e vai jogar no Comercial-SP. Por telefone, o meia disse que já está com 21 anos e que precisa jogar. Em partes, o atleta revelado nas categorias de base do tricolor está certo, porque com as chegadas de Bruno Tiago, Marcinho e agora Willian, Jocinei não teria espaço no Joinville. Mas a grande notícia de ontem foi a renovação do lateral-direito Eduardo até o final de 2013. O presidente Nereu Martinelli percebendo o assédio em cima do jogador, agiu rápido e tratou de renovar com o atleta e aumentar a multa rescisória de R$ 1,2 para R$ 2 milhões. A negociação foi boa para os dois lados. Eduardo também teve uma boa compensação financeira e o tricolor poderá contar com o atleta por mais[...]

    Leia mais
  • Derrota por Omissão - Uma análise do apagão sofrido no segundo tempo

     

    Foto JEC/Divulgação
    Pedro Paulo (de branco) viu o JEC levar uma virada histórica

     

    Derrota omissa
    Perder em Maceió para o CRB em circunstâncias normais de jogo não seria nenhuma anormalidade. Afinal, Atlético-PR, Avaí e América-RN que são times considerados fortes nesta Série B, tropeçaram no estádio Rei Pelé. A meu ver o problema foi a forma com que o tricolor deixou escapar uma vitória encaminhada. Começar o segundo tempo vencendo por 3 a 0 e em 20 minutos tomar a virada para 4 a 3, não pode acontecer. O JEC terminou o primeiro tempo na frente por méritos do ataque tricolor, mas também pela extrema ineficiência do atacante Tiago Bezerra que perdeu dois gols cara a cara com o goleiro Ivan. Se o técnico Roberto Fonseca viu seu time perdido em campo e antes de começar o segundo tempo fez as três alterações para corrigir o erro tático do CRB, o técnico Leandro Campos esperou que o Joinville levasse o terceiro e o quarto gols para alterar a[...]

    Leia mais
  • Confira a análise da partida entre JEC x América e também os bastidores do Joinville

    Carlos Junior/Arquivo ND
    Nereu disse ao colunista que não proibiu ninguém de falar com a imprensa

     

    Não quer falar?
    O repórter Gabriel Fronzi, da Rádio Cultura, trouxe a informação que após o coletivo apronto para enfrentar o América-RN, o técnico Leandro Campos teria dito que, à pedido da diretoria, não falaria com a imprensa na véspera do jogo contra o alvirrubro potiguar. Por telefone, o presidente Nereu Martinelli falou ao colunista que em nenhum momento proibiu o técnico Leandro Campos de falar com a imprensa. Sobre os atletas, Nereu Martinelli disse que neste momento os atletas tinham que “falar menos e jogar mais”. Mas o presidente não orientou nem um atleta a não falar. Penso que seria um absurdo proibir algum atleta ou até mesmo o técnico de dar entrevista. Aparecer para falar sobre o jogo só quando a coisa esta boa é fácil. O caminho não é por aí.

     

    Calma e tranquilidade
    Hoje às 21h na Arena o  tricolor recebe  o América-RN,[...]

    Leia mais