Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Todas as novidades do Carnaval de Floripa: as festas programadas, bastidores e o aquecimento dos tamborins até o grande dia da festa!

  • Homenagem a Joãosinho Trinta é a aposta da Consulado para o desfile de 2018

    No ano em que o carnavalesco Joãosinho Trinta completaria 85 anos, a escola de samba Consulado presta uma homenagem ao maranhense que fez enorme trajetória no Carnaval do Rio de Janeiro. O enredo “Os Sete Reinados do Rei João” leva 22 alas e três alegorias (sendo um quadripé) para a passarela Nego Quirido. Última a desfilar, a Consulado entra na avenida às 5h35 de domingo.

    Consulado entrando na passarela Nego Quirido na madrugada de domigo - Marco Santiago/ND
    Consulado entrando na passarela Nego Quirido na madrugada deste domigo - Marco Santiago/ND


    O enredo não conta a história de vida de Joãosinho, mas exalta sete enredos históricos levados pelo carnavalesco à Sapucaí ao longo de sua trajetória. A comissão de frente representa Joãosinho ainda menino ouvindo diversas histórias, em especial o romance francês Os Miseráveis, de Victor Hugo, que inspirou Joãosinho em um enredo futuramente.

    O carnavalesco Raphael Soares estuda a obra de Joãosinho há anos e sempre quis prestar uma homenagem ao maranhense. “No começo da carreira ele[...]

    Leia mais
  • A relação espiritual e de fé com o manjericão é destaque no desfile da Copa Lord

    Quarta escola a entrar na avenida, às 2h45 de domingo, a Embaixada Copa Lord conta a história do manjericão. Uma planta de múltiplos usos e que une diferentes culturas através dos tempos, o manjericão tem uso não apenas culinário, mas principalmente relacionado à fé de diferentes povos. Com o tempo, o uso da planta se transformou. Mas uma essência se manteve intacta: a ligação do manjericão com a fé e a renovação espiritual. Sua história envolve reis, santos, mitos e crenças. A escola desfila com dois carros alegóricos, um quadripé e 22 alas com o enredo “Manjericão – Um banho de fé.

    Ensaio técnico de Embaixada Copa Lord na Nego Quirido em 2018 - Rony Costa/ND
    Ensaio técnico de Embaixada Copa Lord na Nego Quirido em 2018 - Rony Costa/ND


    A comissão de frente da Copa Lord representa criaturas fantásticas das profundezas do oceano, a partir de histórias hindus antigas que contavam que, com o batimento deste oceano, nasceu Vrinda Devi, que se tornou o manjericão sagrado. “Esse enredo busca um pouco do lado místico e de[...]

    Leia mais
  • Seis escolas de samba desfilam neste sábado de Carnaval na Nego Quirido

    Quando o relógio marcar 22h30 neste sábado e o alarme ecoar pela passarela Nego Quirido, o samba vai tomar conta da cidade. As escolas Dascuia, Nação Guarani, Unidos da Coloninha, Embaixada Copa Lord, Os Protegidos da Princesa e Consulado terão, cada uma, 70 minutos para apresentar na passarela o tão planejado desfile de Carnaval. Mestres-salas, porta-bandeiras, ritmistas, baianas, passistas, rainhas, princesas e centenas de componentes entram na avenida com um objetivo: manter viva a cultura do Carnaval.

    Por questões financeiras, somente as seis escolas de samba do grupo Especial vão desfilar este ano. As outras 10 agremiações, dos grupos de Acesso e Acesso A, ficam de fora pelo segundo ano consecutivo. Sem o risco de rebaixamento, as seis escolas do grupo de elite vão lutar pelo troféu que, nos últimos dois anos, ficou com a Unidos da Coloninha.

    Com o desfile confirmado em meados de dezembro, as escolas tiveram menos de dois meses para tirar do papel suas ideias,[...]

    Leia mais
  • Escolas de samba do grupo Especial desfilam neste sábado na passarela Nego Quirido

    As escolas de samba do grupo Especial voltam à Nego Quirido neste sábado para disputar mais um título de Carnaval. Na quarta-feira, elas entregaram à Liesf (Liga das Escolas de Samba) os books de Carnaval, documento que consta toda a programação e ordem dos desfiles para sábado. Em média, as escolas vão sair com 20 a 22 alas e dois carros alegóricos na avenida. Na reta final, as escolas concentram-se nos ajustes dos carros alegóricos na Nego Quirido e na finalização das fantasias.

    Falar em superação parece repetitivo, mas em mais um ano as agremiações montaram seus desfiles em menos de dois meses pra conseguir pisar na passarela. Além da recorrente busca por verbas, o excesso de chuvas e o Carnaval logo no início de fevereiro contribuíram para atrapalhar os trabalhos. Mas como é tradição no mundo do samba, as escolas cumpriram seu papel e estão prontas para o dia mais esperado pela comunidade carnavalesca do ano. Boa sorte e que venha o[...]

    Leia mais