Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Zone diet: especialista explica a dieta baseada nos efeitos hormonais dos alimentos

Engenheiro biomédico de Florianópolis explica os benefícios do método reconhecido há 30 anos

Karin Barros
Florianópolis
17/08/2018 às 16H44
Zone diet - Shutterstock/Divulgação/ND
Zone diet - Shutterstock/Divulgação/ND


As pessoas que buscam se manter em boa forma, mas que não abrem mão de saúde e bem-estar podem ficar atentas a uma nova dieta do momento voltada para os efeitos hormonais dos alimentos. Esta é a base da Zone Diet, dieta criada nos Estados Unidos, que consiste na ingestão de grupos alimentares na proporção correta, gerando o equilíbrio saudável dos hormônios.

Desenvolvido pelo PHD em bioquímica, o americano Barry Sears, o programa promove emagrecimento com perda de gordura e ganho de massa magra sem fome nem fadiga. Além disso, melhora a disposição e a concentração, retarda o envelhecimento e ainda combate doenças graves. A Zone Diet tornou-se a queridinha das estrelas de Hollywood e virou febre entre cantoras e atrizes como Jennifer Aniston, Madonna, Sandra Bullock e Cindy Crawford. Além disso, é considerada por especialistas uma revolução nas áreas de medicina e nutrição.

No Brasil o Zone Diet chegou em 2014 e já possui 7 mil adeptos. Florianópolis é a terceira cidade do Brasil a receber o programa, que já está implantado em Brasília e Goiânia. Segundo Leandro Zanutto, engenheiro biomédico com mestrado em gerontologia e pesquisador com especialização em nutrição anti-inflamatória, o segredo do método está na ingestão em proporções adequadas de carboidratos (de baixa carga glicêmica, como frutas e legumes), proteínas (com baixo teor de gordura) e os ácidos graxos (gorduras saudáveis), respectivamente em 40%, 30% e 30%. 

Engenheiro biomédico Leandro Zanutto - Divulgação/ND
Engenheiro biomédico Leandro Zanutto - Divulgação/ND


Confira a entrevista com o engenheiro biomédico Leandro Zanutto: 

ND - Qual a principal diferença da Zone Diet para outros métodos? Que vantagens isso traz para o organismo? 

Leandro - A maioria das dietas têm um foco exclusivo no emagrecimento baseado em restrição de calorias ou de grupos de alimentos. Na Zone Diet o emagrecimento é uma mera consequência do equilíbrio hormonal e da resolução da inflamação proporcionado pela combinação de Proteínas, Carboidratos e Ácidos Graxos propostos na dieta. Além do emagrecimento sem fome e com aumento de disposição, a Zone Diet tem-se mostrado eficaz no combate a diversas doenças inflamatórias crônicas como Diabetes, Esteatose Hepática, Obesidade e Doenças Cardiovasculares. 

ND - Ela funciona mais rápido que a dieta da proteína ou do jejum intermitente, que estão em alta atualmente? 

Leandro - Utilizamos fatos de estudos científicos conduzidos ao longo dos últimos 30 anos mostrando que a Zone Diet tem resultados superiores no emagrecimento e no combate a doenças crônicas. A Dieta Cetogênica, onde se restringe o consumo de carboidratos e se prioriza o consumo de proteínas, causa um aumento expressivo do perfil inflamatório dos pacientes. Isso foi demonstrado em dois estudos publicados em 2006 (no AJCN) e em 2012 (no JAMA), além do aumento em 18% do Cortisol Basal e diminuição em 12% da atividade do principal hormônio da tireóide, o T3. Os dois maiores estudos já realizados com jejum intermitente, sendo o mais longo publicado há menos de 2 semanas, mostraram não haver qualquer vantagem metabólica e na perda de peso desta dieta quando comparada a uma simples restrição calórica. Estes estudos demonstraram que jejum intermitente não passa de uma forma diferente de restringir calorias, com uma perda de peso aproximadamente de 5% do peso corporal ao final de 6 meses. No estudo publicado no AJCN em 2006, a dieta da Zone Diet teve uma perda média de 7% do peso corporal em apenas 6 semanas, seis vezes mais rápido que a dieta do jejum intermitente. Desde 2005 a Universidade de Harvard vem publicando estudos pelo Instituto Joslin de Pesquisa em Diabetes, mostrando que a combinação de alimentos utilizados pela Zone Diet é a forma mais eficaz de não só combater a obesidade como até reverter quadros de Pré-Diabetes e Diabetes. 

ND - Qualquer um pode fazer?  

Leandro - Qualquer pessoa se beneficia dessa combinação, independente do seu objetivo de saúde, visto que esta é a forma como o ser humano foi programado para se alimentar como mostrado pelo estudo publicado no Jornal Britânico de Nutrição em 2010. 

ND – É preciso acompanhamento nutricional como as outras dietas? 

Leandro - O acompanhamento nutricional auxilia o paciente a se tornar independente de cardápios, aprendendo a combinar alimentos em cada situação do seu dia-a-dia, até mesmo em viagens e festas. A palavra dieta vem do grego e significa estilo de vida. A Zone Diet leva isso muito a sério: dieta precisa ser para toda a vida. Para tanto, criamos um método de reeducação alimentar que ensina o paciente a se tornar independente de nós em pouco tempo, levando essa combinação alimentar equilibrada por toda sua vida. 

ND - Exercício físicos nesse caso ajudam a ter melhor resultado? 

Leandro - Exercícios físicos moderados ao longo da semana sempre trazem benefícios à saúde. Mas o pensamento deve ser o inverso: é a dieta equilibrada que potencializa os resultados do exercício físico e não o contrário. 

ND - Esse método pode ser seguido por um longo tempo ou é preciso mudar a dieta em um certo tempo? Pode virar um estilo de vida, no caso? 

Leandro - Ninguém quer engordar, envelhecer e adoecer. A Zone Diet é um estilo de vida que se baseia nos dois pilares que combate todos estes fatores: o equilíbrio hormonal e a resolução da inflamação. Quanto mais tempo você passar em sua vida nesta zona de equilíbrio, maior é a proteção contra doenças crônicas, mais fácil é o controle de peso e mais lento torna-se o envelhecimento. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade