Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Trama Trio lança o álbum “Mergulho” nesta sexta em Florianópolis

Disco que reúne composições da própria banda e de outros artistas será apresentado em um show no TAC

Juliete Lunkes
Florianópolis
Divulgação/ND
Rafael Calegari, Pedro Loch e Gabriel Vieira formam o Trama Trio há dois anos

 

Com uma reunião de composições de autoria própria e outras de grandes músicos que fizeram parte de sua trajetória profissional, o Trama Trio lança hoje no TAC (Teatro Álvaro de Carvalho), em Florianópolis, o álbum “Mergulho”, primeiro trabalho da banda instrumental formada há cerca de dois anos na Capital. Contemplado pelo Edital Elisabete Anderle, o disco traz músicas que passeiam por ritmos como samba, choro, forró e jazz em um repertório que mistura canções assinadas pelo trio a releituras de obras de Alegre Corrêa, Carlinhos Antunes e Luiz Gustavo Zago. Os dois últimos, mais o baterista Neto Fernandes, participaram também da gravação.

“Convidamos eles para tocar no disco porque é uma coisa bacana poder englobar outras pessoas ao seu trabalho. São seis compositores no total, escolhemos primeiro quem iria participar do disco e depois optamos por tocar músicas deles também, já que eles tocariam as nossas”, conta o violonista do trio, Pedro Loch.

O resultado do encontro foi a execução de um total de nove instrumentos: violino e charango (Gabriel Vieira), violão e guitarra (Pedro Loch), contrabaixo (Rafael Calegari), viola e cuatro venezuelano (Carlinhos Antunes), piano (Luiz Gustavo Zago) e bateria (Neto Fernandes).

O título “Mergulho”, segundo Pedro, tem origem no conceito de imersão, já que o trio abraçou a filosofia do Estúdio de Gravação Móvel Araruna, um projeto de Gabriel Viera que possibilitou a reunião do grupo em regiões distintas do Estado: a montanha e o litoral. O estúdio móvel captou ao vivo o som do trio na Serra, na cidade de Anitápolis e na praia de Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis. “Gravar ao vivo foi uma escolha nossa mesmo, gravamos com todos um ao lado do outro, gerando uma maior interação, já que às vezes no estúdio fica cada um em uma sala diferente. Além do sítio em Anitápolis e em Santo Antônio de Lisboa, acabamos gravando uma parte também no TAC, por causa do piano”, explica o violonista.

 

Pelos palcos

Antes de formar oficialmente o Trama Trio, Pedro, Rafael e Gabriel já eram veteranos da cena musical de Florianópolis, com passagem inclusive pelo curso de música da Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina). Rafael chegou a tocar ao lado de nomes como Elza Soares, Max de Castro, Paula Lima e Sandra de Sá, enquanto Gabriel há três anos acompanha a dupla Tatiana Cobbett e Marcoliva e já dividiu palco com série de outros músicos, entre eles Yamandu Costa, Gabriel Grossi e Guinha Ramirez. Já Pedro, que também desenvolve trabalhos com os grupos Nó em 3, Kiabo Instrumental e Projeto Samba Convida, já teve a chaqnce de se apresentar em palcos de diversas cidades brasileiras, da Argentina e Uruguai. Foi nesse cenário de encontros e parcerias que os três se conheceram e uniram suas afinidades musicais para, há cerca de dois anos, fundar o Trama Trio.

E se foi por meio de parceria que eles se encontraram, é também com ela que hoje eles levam ao público pela primeira vez o repertório completo de “Mergulho”, com as participações ao vivo de Luiz Gustavo Zago e Neto Fernandes.

  

Serviço:

O quê: Lançamento do disco “Mergulho”, do Trama Trio

Quando: 12/9, 20h

Onde: TAC, rua Marechal Guilherme, 26, Centro, Florianópolis

Quanto: Gratuito

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade