Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Trabalho inédito de Marcelo Muniz aguarda financiamento coletivo para ser lançado

"Fogo do Rebojo" terminou de ser gravado em novembro do ano passado, mas ainda não veio a público

Redação
Florianópolis
23/04/2018 às 12H37

Marcelo Muniz, músico, compositor e pesquisador da cultura açoriana, morreu no último dia 13 de abril, porém, seu trabalho musical continua vivo e inédito. O projeto “Fogo do Rebojo”, iniciado há mais de dois anos terminou de ser gravado em novembro do ano passado mas aguarda financiamento coletivo pela internet para ser lançado. Amigos e a equipe que participou do CD resolveram manter o sonho de Muniz e reforçar os pedidos de doação.

>> Contribua com o financiamento 

Marcelo Muniz (à dir) e Denise de Castro gravando o álbum recém-lançado dele - Reprodução Facebook/Divulgação
Marcelo Muniz (à dir) e Denise de Castro gravando o álbum no Studio Fides - Reprodução Facebook/Divulgação


Por meio do Catarse, termina no domingo (30) a arrecadação que visa a meta de R$ 51.246. Até esta segunda-feira, o site contava com R$ 9.120. Segundo a equipe que fez parte da produção do trabalho com Muniz, todas as músicas ficaram do jeitinho que ele queria, e com participações especiais de nomes, como Gazu, Rô Conceição e Denise de Castro. A previsão é de entregar as recompensas prometidas via Catarse a partir do mês de julho.

“Fogo do Rebojo” é o primeiro trabalho autoral solo de Muniz, que foi um dos fundadores e integrante do grupo Engenho. Com calma, e acompanhado de grandes parcerias musicais, as músicas do álbum oferecem ao ouvinte uma viagem pela Ilha, em especial, de Santo Antônio de Lisboa, até a Praia Brava. Além de participações bem conhecidas do manézinho, como o Boi de Mamão, o Cacumbi, o Orocongo, o Carro de Boi, e até mesmo o Vento Sul, que se misturam com cordas, sopros, percussões e "scratches".

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade