Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Terror "Annabelle 2" tem sessões de pré-estreia em Florianópolis na noite desta quarta

O novo capítulo da franquia "Invocação do Mal" mostra a origem da boneca amaldiçoada

Gustavo Bruning
Florianópolis
16/08/2017 às 14H20

Ao contrário de Chucky, o icônico vilão de “Brinquedo Assassino” (1988) e dos inicialmente encantadores Gremlins, Annabelle não esconde o terror que a cerca. Inspirada em uma boneca verdadeira e nada horripilante, considerada amaldiçoada pelo famoso casal de investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren, a figura paranormal está de volta aos cinemas oficialmente nesta quinta-feira (17). Quase três anos após seu primeiro filme solo, a boneca estrela “Annabelle 2: A Criação do Mal”, que marca o novo capítulo do universo de terror de “Invocação do Mal”. Em Florianópolis, o longa-metragem tem sessões de pré-estreia nesta quarta-feira, às 21h40, no Cinesystem (Shopping Iguatemi) e às 00h01 de quinta no Cinemark (Floripa Shopping).

A boneca Annabelle foi introduzida em
A boneca Annabelle foi introduzida em "Invocação do Mal", de 2014 - Divulgação/ND


Ambientada na década de 1950, a nova história começa quando um criador de bonecas e sua mulher recebem em sua casa uma freira e um grupo de garotas, vindas de um orfanato que fechou as portas. Anos após a morte trágica de sua filha, o casal passa a se tornar alvo de uma da boneca possuída. Dirigido por David F. Sandberg, responsável pelo bem-sucedido curta-metragem “Lights Out”, de 2013, “Annabelle 2: A Criação do Mal” estreou na última semana nos Estados Unidos e foi privilegiado com boas crítica. Segundo o site especializado Collider, o longa é “uma daquelas raras sequências que supera o original”.

O novo filme da boneca amaldiçoada é o quarto capítulo da franquia iniciada em “Invocação do Mal”, há quatro anos. O primeiro capítulo, aclamado pela crítica e com uma bilheteria consideravelmente boa – segundo o Box Office Mojo, ele arrecadou o equivalente a R$ 1 bilhão em todo o mundo, não demorou a ter continuações. O primeiro “Annabelle” foi lançado pouco mais de um ano depois, mas foi considerado um fiasco nas avaliações – a abstenção dos investigadores interpretados por Patrick Wilson e Vera Farmiga foi um ponto negativo. Em 2016, foi a vez de “Invocação do Mal 2”, que teve o orçamento duplicado e também foi bem recebido, mas mal superou a arrecadação de bilheteria do original.

Assim como vem sendo feito com filmes de super-heróis e, recentemente, de monstros (vide “A Múmia”, com Tom Cruise), a Warner Bros. não demorou a planejar o seu próprio universo compartilhado. Depois da sequência de “Annabelle”, o estúdio planeja lançar “A Freira” e “O Homem Torto” nos próximos anos, explorando assombrações apresentadas nos capítulos anteriores da franquia.

Responsável pela direção dos dois “Invocação do Mal” e pela produção executiva dos derivados, James Wan é considerado um dos cineastas de terror mais proeminentes dos últimos anos em Hollywood – ele foi responsável por franquias como “Jogos Mortais” e “Sobrenatural”. Para Wan, é importante manter o visual da franquia inspirado em um estilo antiquado, característico de suas obras de terror favoritas, assim como reforçar a unidade deste universo. “Essa é a estética que eu sinto que estabeleci... e eu realmente quero manter aquele estilo de narrativa clássico e à moda antiga presente em todos esses filmes”, afirmou ao The Hollywood Reporter.

O novo capítulo da franquia mostra a origem da boneca amaldiçoada - Divulgação/ND
O novo capítulo da franquia mostra a origem da boneca amaldiçoada - Divulgação/ND


Sessões de pré-estreia - "Annabelle 2: A Criação do Mal"

Cinemark (Floripa Shopping): 00h01 (dublado), 00h01 (legendado) – ambos na madrugada de quarta para quinta

Cinesystem (Shopping Iguatemi): 21h40 (legendado, quarta), 00h01 (legendado, madrugada de quarta para quinta)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade