Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Série com coprodução internacional é gravada pela primeira vez em Florianópolis

"Submerso" tem como pano de funo o surfe e uma trama envolvendo o tráfico de drogas

Karin Barros
Florianópolis
05/02/2018 às 10H42

Surfe e universo policial formam a tônica de “Submerso”, a primeira série de ficção com coprodução internacional que será rodada em Florianópolis. As gravações acontecem desde o início de janeiro em mais de cem lugares da Argentina, e entre março e abril ocorrerão em Florianópolis, em locais como a praia da Solidão, Campeche, Mole, Moçambique e Barra da Lagoa.

Ator Cássio Nascimento será Nando Oliveira, ex-surfista e campeão mundial. Ele esteve na Capital para uma imersão - Divulgação/ND
Ator Cássio Nascimento será Nando Oliveira, ex-surfista e campeão mundial. Ele esteve na Capital para uma imersão - Divulgação/ND


Dirigido por Márcia Paraíso, que mora na Capital, do filme "Lua em Sagitário", o trabalho em 13 capítulos também leva o nome de Leandro Lunelli, diretor de arte formado na Udesc e, Glauco Broering, como roteirista da parte brasileira da série, ambos de Florianópolis. A história policial se desenvolve a partir do personagem Gabriel Fontan (Mariano Bertolini), que planeja um evento para promover a marca do seu grande amigo, o ex-surfista brasileiro e campeão mundial Nando Oliveira, interpretado pelo ator Cássio Nascimento. O que Gabriel não sabe é que o evento é uma desculpa para contrabandear pílulas de ecstasy do Brasil para a Argentina. Gabriel é interceptado por um estranho que, depois de ameaçar reabrir um processo judicial, o obriga a passar informações confidenciais sobre Nando.

A vida de Nando e Gabriel é colocada em risco e ambos farão o necessário para sobreviver. No caminho, uma verdade oculta virá à tona, mudando para sempre a vida dos personagens.

A série é produzida pelos argentinos Germina Films, Prisma Cine, Story Lab, Bonaparte e Plural Filmes, do Brasil. Entre as mais de 60 pessoas no elenco, incluindo atores do curso de artes cênicas da Udesc, estão também os argentinos Jorge Marrale, Liz Solari, Juan Gil Navarro, Pablo Tolosa, Celina Font, Guillermo Pfening, Ricardo Bertone, Alvin Astorga, e os brasileiros Ana Cecilia Costa, Guilherme Weber e Zé Carlos Machado.

Ator Guilherme Weber também no elenco - MARCOS CAPRA/DIVULGAÇÃO/ND
Ator Guilherme Weber também no elenco - MARCOS CAPRA/DIVULGAÇÃO/ND


Imersão no surf 

O ator Cássio Nascimento esteve em Florianópolis no mês de janeiro para um laboratório de imersão com apoio Gravatá Escola de Surf. “Eles ficaram uma semana para que ele vivesse essa experiência com os surfistas. Fez aula de surfe, yoga, toda preparação para um atleta de surf, para vestir esse personagem e ter essa carga. Foi muito interessante essa experiência vivida pelo ator”, conta a diretora Márcia. Nas imagens de manobras na água, como dublê do personagem Nando, o surfista Fininho, que mora na Barra da Lagoa, fez algumas participações.

“Submerso” tem recursos do Fundo Setorial de Audiovisual da Agência Nacional de Cinema, de R$ 1,2 milhão, e do argentino INCAA (Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales), de R$ 2,5 milhões, e ainda captará patrocinadores. Um dos exibidores já negociados é o canal premium do grupo Box Brasil. A série está prevista para ser lançada no final deste ano.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade