Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Ruth Grieco lança livro sobre seu trabalho em joalheria nesta terça (22) no Palácio Cruz e Sousa

A catarinense radicada em São Paulo já ganhou vários prêmios de design, como o IF Design Awards

Carolina Moura
Florianópolis
Janine Turco/ND
Quem escreveu o livro foi o jornalista parisiense Didier Brodbeck, amigo da designer


Natural da Capital catarinense, a premiada designer de joias Ruth Grieco escolheu fazer aqui o lançamento do livro “Ruth Grieco — poetizando a joalheria” no Brasil. O lançamento mundial foi em Paris, em março. Com um evento no Palácio Cruz e Sousa, hoje às 19h, ela apresenta a obra escrita pelo jornalista e amigo francês Didier Brodbeck.

Em contato há 10 anos, desde a época em que Brodbeck veio ao Brasil a convite do governo em uma iniciativa para divulgar o trabalho de joalheiros do país, a dupla criou uma amizade. Em uma conversa, o parisiense disse a Ruth que seu trabalho estava em um alto patamar, e que ela poderia inclusive ter um livro. “Só se você o escrever”, ela respondeu, brincando. E da brincadeira surgiu um projeto de verdade, no qual trabalharam por quase dois anos.

O livro retrata, além das peças desenhadas por Ruth, sua trajetória e de sua família, um pouco da história do Brasil, desde a exploração de ouro no século 18, e a coleção que ela e o marido cultivam desde o seu casamento, com mobiliário, prataria e obras iconográficas dos séculos 18 e 19. A coleção, segundo Ruth, é uma de suas grandes inspirações — assim como o mar e as lembranças que tem de Florianópolis, onde até hoje passa os verões com a família.

“Toda inspiração fica nos labirintos da memória. O trabalho não é de uma semana, um mês, é o resultado de uma vida”, diz Ruth. As coroas da festa do divino inspiraram sua coleção “Espírito Santo”, por exemplo, e até um prato de ostras pode levar a um insight. O mar exerce fascínio sobre ela desde a sua infância. Aos 18 anos, ela se casou e mudou-se para São Paulo, onde mora e trabalha, mas as lembranças da Ilha continuam em suas criações.

Recompensas do trabalho

O trabalho de Ruth com joias começou por acaso, com peças industrializadas. Foi a partir daí que ela começou a rabiscar as próprias peças e buscar formação na área, se especializando em Arte da Joalheria na Escola Nova, em São Paulo. Desde 1990 suas filhas Carolina e Paola, ambas formadas em desenho industrial, também se uniram à empresa da família.

As criações da catarinense receberam diversos prêmios nacionais e internacionais, como o IF Design Awards, que é considerado o “Oscar do design”, em 2006. Mas a maior satisfação não vem desse reconhecimento, e sim do efeito das peças na vida das pessoas. Como diz a frase de Ruth estampada em seu livro: “O maior retorno que o trabalho me traz é saber que uma peça pode marcar indelevelmente um momento de felicidade na vida de alguém”.

Inspiração no passado

A paixão pela arte vem desde muito jovem. Quando se casou, ela e o marido, Paschoal Grieco, uniram esse interesse e começaram juntos uma grande coleção, que inclui um original de Jean-Baptiste Debret, que retrata Florianópolis, e uma imagem da primeira visita de Dom Pedro a Santa Catarina. Em seu livro, Ruth conta como a inspiração na estética do passado caminha com ela há muitos anos.

Esses conhecimentos ela aprofunda constantemente, em viagens e visitas a museus. Toda essa inspiração está sempre ligada à história e cultura brasileira, que ela valoriza também em seus materiais, com um extenso trabalho em pedras brasileiras.

Serviço

O que: Lançamento do livro “Ruth Grieco — poetizando a joalheria”

Quando: 22/5, 19h

Onde: Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa, praça 15 de Novembro, 227, Florianópolis, tel.: 3028-8091

Quanto: Gratuito

 

“Ruth Grieco — poetizando a joalheria”. De: Didier Brodbeck. Editora: Dazzling Books. 250 páginas. R$ R$ 150 (preço de lançamento), R$ 200 (livraria Cultura)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade