Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Rogue One: Uma História Star Wars tem pré-estreia em Florianópolis e São José

Sessões serão realizadas em quatro cinemas a partir da meia-noite de quinta-feira

Gustavo Bruning
Florianópolis
14/12/2016 às 15H26

Após a compra da Lucasfilm pela Disney, em 2012, o universo de “Star Wars” nos cinemas começou um processo de expansão. O clássico “Guerra nas Estrelas”, de 1977, já havia rendido cinco continuações para o cinema, até que retornou às telas em dezembro de 2015 com “O Despertar da Força”, que conquistou a terceira maior bilheteria da história do cinema. Um ano depois a saga mantém a recém-adquirida tradição de lançamentos anuais com o seu primeiro derivado, “Rogue One: Uma História Star Wars”. Sem os protagonistas conhecidos do público, o filme estreia nesta quinta-feira e tem sessões de pré-estreia na madrugada de quarta para quinta.

Felicity Jones e Diego Luna interpretam dois rebeldes no primeiro longa derivado de
Felicity Jones e Diego Luna interpretam dois rebeldes no primeiro longa derivado de "Star Wars" - Divulgação/ND


“Rogue One” se passa entre os episódios III e IV, pouco antes do primeiro “Star Wars”. A trama gira em torno do roubo das plantas da Estrela da Morte, a gigante estação de batalha do Império, parte central do filme original. O grupo de rebeldes responsável pelo feito inclui a independente Jyn Erso (Felicity Jones), o experiente Capitão Cassian Andor (Diego Luna) e o piloto Bodhi Rook (Riz Ahmed).

Dirigido por Gareth Edwards, responsável pelo remake de Godzilla, de 2014, o novo longa-metragem se afasta da saga original apenas o suficiente para se vender como uma peça única. A presença do icônico vilão Darth Vaider, por exemplo, foi confirmada há tempos e é uma isca para público.

Utilizando figurinos e técnicas para compor cenários originais da obra setentista, a produção buscou respeitar o cânone e homenagear os filmes de George Lucas. “Rogue One”, no entanto, é o primeiro longa de “Star Wars” para cinema que não tem John Williams como compositor da trilha sonora – quem assume é Michael Giacchino. Além disso, dispensa o tradicional letreiro inicial. 

O primeiro de muitos

O longa se diferencia dos demais desde o formato de seu título – ele é o primeiro a não ser categorizado como um episódio. O termo “Rogue One”, em português, perde parte do significado original. O título remete a desordem e faz alusão à protagonista e ao esquadrão de rebeldes. Segundo o diretor, em entrevista à revista Empire, “Rogue One” também caracteriza o próprio filme, por ser o primeiro a desviar do caminho original e não contar uma história relacionada a Anakin Skywalker.

De acordo com os planos da Disney “Rogue One” é o primeiro episódio de uma antologia de filmes ambientada no universo espacial. Em maio de 2018 será a vez de um filme sobre as aventuras do jovem Han Solo, interpretado originalmente por Harrison Ford, e em 2020 outro projeto deverá ser lançado. Além disso, os episódios VIII e IX, da franquia original, estão agendados para estrear em 2017 e 2019, respectivamente. 

Estreia em Los Angeles

A estreia de "Rogue One: Uma História Star Wars" arrancou aplausos em sua exibição na noite de sábado (10), em Los Angeles. Após a exibição, no Pantages Theater, o público aplaudiu enfaticamente o longa.

Para o comediante Dane Cook, ele pode ser o melhor de todos os "Star Wars". O ator Rainn Wilson ("Juno") o chamou de "espetacular".

O autor Chris Taylor disse que o filme é "de tirar o fôlego" e "sombrio" - mais "sombrio" até do que "O Império Contra-Ataca" (1980), segundo ele. Já o ator Wil Wheaton disse que não se empolgava tanto com um "Star Wars" desde o primeiro, de 1977.

Os jornalistas também elogiaram. Para Peter Sciretta, do site "Slashfilm", os fãs não vão se decepcionar. Steven Weintraub, do "Collider.com", reverenciou as cenas de ação e o roteiro. (Folhapress)

Pré-estreia na Grande Florianópolis

Todas as sessões serão em 3D.

Cinépolis (Continente Shopping) - 00h01, 00h15 (D)

Cinemark (Floripa Shopping) - 00h01 (D), 00h01, 00h10

Cinespaço (Beiramar Shopping) - 00h01

Cinesystem (Shopping Iguatemi) - 00h02, 00h05

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade