Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Rodrigo de Haro abre exposição em Florianópolis com 39 obras inéditas

Mostra "Dos Arquétipos – O Poder das Imagens" tem figuras presentes no baralho do tarot, além dos santos Santa Catarina de Alexandria e São João Damasceno

Marciano Diogo
Florianópolis
10/10/2016 às 11H12

“Pensa, pensa, pensa. A escrita é como a visão, você vê as coisas e filtra no seu espírito. Não tem como dissociar uma coisa à outra. É linguagem”, afirma Rodrigo Antônio de Haro, 76, em alusão a seu trabalho com a pintura e a poesia. Quatro anos após sua última exposição individual em Florianópolis, o poeta, intelectual e artista visual abre nesta sexta-feira (7) na Capital a mostra Dos Arquétipos – O Poder das Imagens, que traz 39 obras inéditas.

As telas foram pintadas por Rodrigo no último ano e meio e representam figuras presentes no baralho do tarot – os 22 Arcanos Maiores, os 12 signos do zodíaco e suas correspondências nas flores –, além dos santos Santa Catarina de Alexandria e São João Damasceno.

“O tarot é um tema recorrente no meu trabalho desde sempre. Dizem que vem do Egito, que é o primeiro alfabeto primitivo, o ideograma fundamental. É o alfabeto inicial das personalidades básicas do ser humano”, diz Rodrigo, com olhar firme que impõe as certezas de quem tem mais de 60 anos dedicados à arte. Reconhecido nacionalmente, o artista também traz para exposição 22 de seus poemas, que dialogam com as telas.

Rodrigo de Haro - Flavio Tin/ND
Rodrigo de Haro tem mais de 60 anos de arte - Flavio Tin/ND



“É um trabalho que explora figuras pertinentes no inconsciente humano. Enxergamos nas telas figuras exemplares do universo oculto por que essas imagens primordiais existem em nosso inconsciente. A essas forças que agem na psique humana que Carl Jung chamou de arquétipos”, acrescenta o arquiteto Fabrício Peixoto, curador da exposição que segue até novembro na Capital.

Rodrigo também realiza no segundo semestre de 2017 em Florianópolis exposição conjunta com o artista Walmor Corrêa. “É uma tendência fatal dos artistas, os mais velhos conversarem com os mais jovens.

É uma troca”, afirma de Haro. Quanto à mostra Dos Arquétipos, que foi aprovada pela Lei Municipal de Inventivo à Cultura, também inclui a publicação de 2 mil exemplares de um catálogo que será distribuído gratuitamente e quatro palestras, sendo três delas voltadas para universitários e professores e uma aberta para o público em geral. As inscrições podem ser feitas através do telefone 48 32230913.

Entre a imagem e a palavra 
Filho do pintor clássico catarinense Martinho de Haro (1907-1985), Rodrigo nasceu em Paris e veio para Santa Catarina ainda bebê em 1939. Cresceu em São Joaquim e aos 16 anos largou os estudos formais para seguir carreira artística. “Era um aprendizado bonito, orgânico. Antes de aprender, ele queria que eu ousasse. Nunca cerceava minha maneira de pintar”, lembra Rodrigo, em referência à relação com o pai. Com 18 anos, o artista fez a sua primeira exposição individual na Ilha, e desde então foram mais de 30 exposições e 20 livros publicados, inclusive com poemas inclusos em antologias comercializadas na Europa e Estados Unidos.

“Tem diferença básica em uma família de um artista: o artista se beneficia de um elemento muito perigoso, que é a liberdade. Ele é livre, não tem horários específicos a cumprir. Eu fui preparado para lidar com essa autonomia, que é o bem que mais prezo”, reflete de Haro. Cinéfilo assumido, o contista também chegou a escrever roteiros para cinema. Também é muralista e tem mosaicos em espaços públicos de Florianópolis, como na reitoria da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

O quê: Exposição Dos Arquétipos – O Poder das Imagens
Quando:
Abertura 7/10, 19h. Até 1/11, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e aos sábados das 9h às 13h
Onde:
Galeria de Arte Helena Fretta, rua Presidente Coutinho, 532, Centro, Florianópolis, tel. 48 32230913
Quanto:
Gratuito

O quê: Palestra Dos Arquétipos – O Poder das Imagens, com Rodrigo de Haro e Fabrício Peixoto
Quando:
15/10, das 10h às 12h
Onde:
Galeria de Arte Helena Fretta, rua Presidente Coutinho, 532, Centro, Florianópolis, tel. 48 32230913
Quanto:
Gratuito

Personagens do tarot inspiram Rodrigo de Haro na exposição Dos Arquétipos - Divulgação/ND
Personagens do tarot inspiram Rodrigo de Haro na exposição Dos Arquétipos - Divulgação/ND

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade