Publicidade
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 17º C

Peça “Além do que os nossos olhos registram” aborda embate entre mulheres de três gerações

Além da apresentação, que será realizada neste sábado, em Florianópolis, o final de semana terá apresentação da estrela teen Larissa Manoela no Stage Music Park

Ian Sell
Florianópolis
23/05/2018 às 22H29

Quem nunca teve conflitos e discussões em rodas de família? Seja por preconceitos, opiniões contrárias, ou simplesmente motivos bobos em um almoço de domingo? Assuntos corriqueiros são abordados na peça “Além do que os nossos olhos registram”, que tem apresentação neste sábado (26), em Florianópolis. Silvia Pfeifer, Priscila Fantin e Olivia Torres interpretam avó, mãe e neta, respectivamente, no espetáculo escrito por Fernando Duarte e com direção de Fernando Philbert.

Peça com Silvia Pfeifer, Priscila Fantin e Olivia Torres terá apenas uma apresentação na Ilha - Divulgação/ND
Peça com Silvia Pfeifer, Priscila Fantin e Olivia Torres terá apenas uma apresentação na Ilha - Divulgação/ND


A peça mostra Sofia (Olivia Torres/neta) indo até a casa da avó Delfina (Silvia Pfeifer), que a chama para ajudar na organização de uma biblioteca que está montando em seu quarto. Sofia conta à avó sobre os problemas de relacionamento com a mãe Violeta (Priscila Fantin), que não aceita sua opção sexual e querer forçá-la a casar com um rapaz rico. É a chegada de Violeta em cena que traz à tona o contexto das discussões e as oposições na maneira de ser e de pensar das personagens.

Delfina é uma mulher com a cabeça livre de preconceitos, agitada e independente que tem uma rotina dinâmica. Uma avó moderna e articulada que se identifica com os marginalizados e que desde jovem luta pelos direitos das “minorias”. Professora, casou-se com um jovem músico e enfrentou repressão da família pelo fato dele ser negro. “A Delfina é uma mulher muito forte que privilegia o amor e os princípios. Uma pessoa intelectualizada, de mente aberta e livre”, define a atriz Silvia Pfeifer.

Já Violeta é elegante, divertida e ardilosa. Seu lema de vida é: “Mantenha as aparências e impressione sempre”. Sofia tem uma relação conflituosa com os pais, e encontra na avó o apoio negado no relacionamento com a família. Ela vive às turras com a mãe, mas o novo cotidiano intensifica seus laços com a avó.

A peça traz uma linguagem simples, uma conversa familiar em que o público se identifica e identifica pessoas próximas. Pertos dos 60 anos, Delfina traz a experiência e a vivência da avó que tem o jeito curiosamente parecido com o da neta muitos anos mais jovem, que divergem das opiniões de Violeta. “A Violeta é uma personagem muita dura, que criou uma amargura no passado por não aceitar a relação da mãe com o marido músico e negro. Hoje ela enxerga os bens materiais à frente do amor e quer impor isso à filha”, conta Pfeifer.

A montagem é apontada para todas as idades. O diretor Fernando Philbert realizou uma pesquisa com meninas de 15 a 21 anos de diversas classes sociais e suas mães. O resultado é um espetáculo com situações do cotidiano, momentos de família, relações e problemas entre gerações. Todas as personagens possuem a ‘sua verdade’ e permitem ao público se questionar sobre diversas questões da vida.

Serviço
O quê: peça “Além do que os nossos olhos registram”
Quando: 26/5, 21h
Onde: Teatro Ademir Rosa (CIC), av. Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis
Quanto: R$ 50 a R$ 60; clube ND tem 50% de desconto

Estrela teen na Ilha

A artista Larissa Manoela, 17, se apresenta na noite de sábado no Stage Music Park, em Florianópolis. A jovem traz sucessos do álbum “Up! Tour”, como “Na Hora H”, “Oi, Psiu”, “Fugir Agora” e “Boy Chiclete”.

Larissa Manoela traz sucessos para o Stage Music Park, na noite de sábado - Divulgação/ND
Larissa Manoela traz sucessos para o Stage Music Park, na noite de sábado - Divulgação/ND


O primeiro show da nova turnê foi registrado com a gravação do seu primeiro DVD, que aconteceu em Salvador em junho desse ano para um público de mais de 20 mil pessoas, marcando uma nova fase da artista. No palco, Larissa canta e dança acompanhada de sua banda e ballet. Além de cantora, a jovem foi destaque como atriz na TV e cinema, estrelando o longa “Meus Quinze Anos”.

Serviço
O quê: show da artista Larissa Manoela
Quando: 26/5, 19h30
Onde: Stage Music Park, rod. Maurício Sirotsky Sobrinho, 1050, Jurerê Internacional
Quanto: R$ 60 a R$ 200; clube ND tem 30% de desconto

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade