Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Outras Meninas induz ao autoconhecimento criando ilustrações com fotos de mulheres nuas anônimas

Projeto criado pela designer catarinense Manu Cunhas faz releituras gráficas de fotos de mulheres nuas e reais

Marciano Diogo
Florianópolis
Daniel Queiroz/ND
Manu Cunhas e suas ilustrações: a designer se surpreendeu com o retorno positivo das mulheres. Em somente um mês de existência, o projeto já tem sete obras publicadas no site e pelo menos mais outras 20 para produzir


A liberdade criativa da catarinense Manu Cunhas, 27 anos, se detém em temáticas como aceitação e conhecimento. Ela criou o projeto Outras Meninas, que faz releituras gráficas de fotos de mulheres nuas e reais. A proposta funciona da seguinte maneira: a mulher envia sua foto nua junto de um texto-depoimento, que descreve como ela se vê em frente ao espelho. Manu faz uma releitura ilustrativa do registro fotográfico, e publica a obra anexa ao texto em uma plataforma digital. “Sempre gostei de desenhar mulheres. E para mim, a característica de imperfeição é o que torna o desenho único e humano”, afirma a desenhista.

O Outras Meninas surgiu no início de fevereiro deste ano, e Manu, que é natural de Tubarão, porém mora em Florianópolis há anos, viu o seu projeto cativar dezenas de mulheres brasileiras, inclusive de outros países. “Queria entender melhor a minha relação com meu próprio corpo, que é bastante confusa. Emagrecer, engordar, malhar, fazer dieta, tudo para chegar a algum lugar muito estranho entre começar a gostar de mim e esperar que gostem também”, observa. 

Entre dobras, rugas e cabelos revoltos retratados nas fotos, a desenhista conta que suas releituras, e todo o processo até chegar à obra final, induzem muitas mulheres ao autoconhecimento e as torna mais seguras com seus próprios corpos. “A interpretação dos desenhos também precisa ‘casar’ com a história dessas mulheres. Elas falam das relações com seus corpos e das relações que têm com suas vidas. Os textos que acompanham os desenhos, ambos publicados de forma anônima no site, revelam anseios e desejos femininos e geram identificação”, explica. 

A designer se surpreendeu com o retorno positivo das mulheres. Em somente um mês de existência, o projeto já tem sete obras publicadas no site e pelo menos mais outras 20 para produzir.

Daniel Queiroz/ND
Autoconhecimento: os desenhos da ilustradora catarinense buscam incitar a reflexão sobre o padrão de beleza imposto às mulheres


Supervalorização da imagem
"São diferentes perfis. Jovens, idosas, morenas, loiras, cheinhas, magras. Recebi o material até de uma transgênero. As mais velhas são as que mais se emocionam, pela relação que têm com o belo, com o padrão de beleza imposto pela juventude”, conta a artista. Filha de mãe engenheira e pai artista plástico, a desenhista já trabalhou com projetos gráficos de livros e cartas de RPG, e atua como professora de ilustração no curso de design gráfico da Udesc (Universidade Estadual de Santa Catarina). Manu demora em média duas horas para trabalhar cada uma das ilustrações. Ela faz os desenhos à mão, com aquarela, lápis de cor, caneta e nanquim.

Conheça o Outras Meninas pelo site http://outrasmeninas.tumblr.com/. E se você tem interesse em participar do projeto envie sua foto e texto para o e-mail outrasmeninas@gmail.com.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade