Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Obras doadas de Glauco Rodrigues ganham mostra em Florianópolis

Trabalhos do artista, incluindo serigrafias e litografias produzidas entre 1970 e 1993, serão reunidos no Museu Victor Meirelles

Redação ND
Florianópolis
16/08/2018 às 22H32

A partir deste sábado (18) Florianópolis recebe a exposição “Gravuras”, de Glauco Rodrigues, no Museu Victor Meirelles. A mostra faz parte da celebração de aniversário do patrono do museu. Todas as 25 obras que estão na exposição são trabalhos doados recentemente ao Museu Victor Meirelles pela viúva de Glauco, Norma de Estellita Pessôa. O artista, que é natural de Bagé (RS), morreu em 2004, no Rio de Janeiro, onde morava desde 1958.

Serigrafia “Mate Amargo” que integra a exposição - Divulgação/ND
Serigrafia “Mate Amargo” que integra a exposição - Divulgação/ND


A mostra reúne trabalhos, em sua maioria serigrafias e litografias, produzidas entre 1970 e 1993 e que representam um breve recorte da obra do artista, revelando as suas múltiplas facetas como pintor, desenhista, gravador, ilustrador e cenógrafo.

Glauco era autodidata e começou a pintar em 1945. Em 1949 passou a ter aulas com o pintor José Moraes, que instala um ateliê coletivo nas proximidades de Bagé. Nesse ano recebe bolsa de estudo da Prefeitura de Bagé e frequenta por três meses a Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro.

Com os artistas Glênio Bianchetti (1928) e Danúbio Gonçalves (1925), cria o Clube de Gravura de Bagé, em 1951. Três anos depois, integra o Clube de Gravura de Porto Alegre. Desde o fim da década de 1950 e no período em que reside na Itália, sua produção se aproxima da abstração. Volta à figuração no início dos anos 1960 e produz obras sob o impacto da arte pop, tratando, com humor, de temas nacionais, que inspiram séries como “O Mito”.

É constante a presença do índio, do carnaval, do futebol e da natureza tropical, além das imagens apropriadas de artistas significativos do século 19, como o próprio Victor Meirelles.

Serviço

O quê: “Gravuras”
Quanto: 18/8, 11h (abertura). Até 17/11
Onde: Museu Victor Meirelles, rua Rafael Bandeira, 41, Centro, Florianópolis
Quanto: Gratuito

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade