Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

O Muito e o Pouco de Moska

Em conversa aberta para o público, cantor discute experiência do seu último projeto, o álbum "Muito Pouco"

Dariene Pasternak
Florianópolis
Divulgação/ND
Cantor participa de uma conversa de artista sobre o novo projeto e sua experiência

Paulinho Moska conversa com o público na FCBadesc (Fundação Cultural Badesc) hoje sobre o CD “Muito Pouco”, seu novo trabalho. Cantor, compositor e ator falará das parcerias deste projeto e de sua experiência como artista. Desde 2004 o músico não lançava um disco de estúdio.


O álbum é composto de dois CDs, cada um com nove faixas. O primeiro, “Muito”, traz letras mais  extrovertidas e conta com bateria em todas as canções. As parcerias musicais incluem Leoni e o grupo argentino/uruguaio de tango eletrônico Bajofondo.

O segundo volume, “Pouco”, é mais leve, introvertido. A percussão é menos presente e dá espaço para vozes e arranjos mais intimistas. Em “Saudade”, Moska faz uma parceria com Chico César e Cezinha Silveira. “Sinto Encanto”, “Não” e “O Tom do Amor” têm coautoria de Zélia Duncan. Outros nomes presentes no disco são Maria Gadú, o argentino-americano Kevin Johansen e o multinstrumentista argentino Pedro Aznar, ex-integrante da lendária banda Serú Girán. O lançamento do disco na Capital será amanhã, com show no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Serviço:
O quê: Conversa com Paulinho Moska
Quando: 17/3, 16h
Onde: Fundação Cultural Badesc, rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis, tel.3224-8846
Quanto: Gratuito

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade