Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Musical “Broadway: por trás das cortinas” será apresentando no final de semana, em Florianópolis

Com nova roupagem e novo elenco, eles trazem um espetáculo com 35 atores

Karin Barros
Florianópolis
Julian Cechinel/Divulgação/ND

“Broadway: por trás das cortinas” tem roteiro próprio e coreografias no estilo de musicais como “Chicago” e “Cabaret”


Após quase dois anos sem apresentar musicais nos palcos da Grande Florianópolis, focados apenas no coral, a Cia de Teatro Grito retornou com a peça “Broadway: por trás das cortinas” no final do ano passado. Agora, após nova roupagem, ela será encenada neste final de semana, no teatro do CIC, na Capital. Com 35 atores no palco, a Cia conta a história de Sofia, uma jovem que busca o sonho de atuar na Broadway, mas pra isso passa por inúmeras dificuldades.

A personagem Sofia, interpretada por Joana Castanheira, foi trazida da peça “The Best of Broadway”, do fundador Rodrigo Marques, e apresentada pela primeira vez em 2005, na primeira versão da Cia. “Quando fomos pensar em retornar aos palcos, pensamos em trazer essa ideia da Broadway, mas com alterações, sem o formato de show, com mais roteiro de teatro”, explicou Julia Darela, diretora, roteirista e atriz da peça. Na nova versão, Sofia não é mais uma mocinha. Agora ela é capaz de escolher seu próprio caminho, vai passar a perna em algumas pessoas, para finalmente alcançar o que considera o auge da carreira. Mesmo assim, por trás das cortinas, Sofia terá por diversos problemas.

Com roteiro próprio com 15 músicas em português a peça promete todo o glamour e ambientação que a Broadway pode oferecer, com duas trocas cenário, uma com o palco da Broadway e o outro com um cabaret do anos 1920, diversos figurinos e muita dança. “Nosso maior desafio é a sonorização, porque cantar ao vivo é muito difícil, mas é o nosso diferencial”, conta Julia. A peça recria o mundo dos palcos e promete emocionar com canções e coreografias livremente inspiradas em grandes musicais como “Chicago”, “Sweet Charity” e “Cabaret”.

A peça foi apresentada duas vezes no ano passado, em Itajaí e na Capital, mas sofreu algumas alterações. “Acrescentamos algumas cenas, que achamos que explicava melhor a história. Sempre tem coisa pra arrumar, mas estou bem feliz com o resultado”,
diz a diretora, acrescentando ainda que o elenco mudou bastante.

Estreia como roteirista

Julia Darela tem 29 anos e faz parte da Cia de Teatro Grito desde 2008, sendo a integrante mais antiga do grupo, já que o elenco inicial partiu em busca de novos desafios no Rio de Janeiro. Essa é a primeira peça em que Julia realiza o roteiro completamente sozinha. “É uma sensação bem interessante, porque a gente escreve uma proposta e o que o elenco absorve é completamente diferente. Ver as palavras criando vida, ver sair de uma forma diferente do que eu pensava, e muitas vezes melhor do que eu imagina é muito legal”, finaliza.

A Grito existe há dez anos, e passou de companhia independente para associação cultural após participar de um programa de televisão e ser reorganizada. Durante a pausa entre 2012 e 2014, atuaram na região como coral, participando de eventos particulares e apresentações locais. A proposta deles é levar a arte para diferentes graus de vivência teatral e pessoal, por meio de pesquisas, experimentos e aprendizados. Entre os vários espetáculos protagonizados pela Companhia, destacam-se: “Armas de Brinquedo” e os musicais, “Vitrine”, “Zoolândia” e “POP”, marcando várias fases de pesquisa pelas quais a companhia já passou.  

Serviço
O quê: musical “Broadway: por trás das cortinas”
Quando: 3/10, 20h30 e 4/10, 20h
Onde: Teatro Ademir Rosa – CIC, avenida Irineu Bornhausen, Agronômica, Fpolis
Quanto: R$ 50 e R$ 25 (meia)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade