Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Museus promovem agenda especial para celebrar o início da Primavera

Programa faz parte da 7ª Primavera dos Museus, temporada de eventos organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus

Edinara Kley
Florianópolis

Com resgate da memória e da cultura afro-brasileira, museus de todo o Brasil celebram a  partir de hoje a 7ª Primavera dos Museus, temporada de eventos organizada pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) para a chegada da estação das flores, que este ano acontecerá entre os dias 23 e 29 de setembro. Na Capital, dezenas de atividades estão programadas para aproximar a sociedade do acervo histórico dos espaços administrados pela FCC (Fundação Catarinense de Cultura) e no Victor Meirelles.

Rosane Lima/ND
Museu Willy Zumblick, em Tubarão, conta com movimento extra nesta semana

Pela fundação,  programação especial se estende ao Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina, ao Masc (Museu de Arte de Santa Catarina) e o Museu Histórico de Santa Catarina, fazem uma parceria para oferecer uma semana agitada com apresentações culturais, debates e discussões críticas sobre tema do evento deste ano: “Museus, Memória e Cultura Afro-brasileira”. Exposições, exibições de filmes, oficinas de fotografia, apresentações culturais e musicais estão no cronograma que começa hoje e se estende até dia 29.

No Museu Victor Meirelles a programação começa na quinta-feira, 26, às 18h, com palestra do  programa “Santa Afro Catarina”,  que traz ao público uma releitura de pinturas, gravuras, aquarelas e fotografias de Florianópolis à luz de pesquisa histórica inédita para propor uma nova história de Florianópolis.A palestrante, Beatriz Mamigonian é mestre e doutora em História pela University of Waterloo, Canadá, e professora do Departamento de História da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

No dia 27, às 19h, o Museu exibe o filme “Caminhos de Valda”, com mediação da jornalista Néri Pedroso e da professora Vanda Pinedo.  O documentário, produzido em 2012, aborda o universo da artista Valda Costa, marginalizada pelo circuito oficial da arte florianopolitana. Autodidata, negra e muito bonita, ela foi modelo e musa de Martinho de Haro, de quem soube recolher os melhores conselhos para sua palheta. Depois do filme haverá uma conversa com as mediações da jornalista Néri Pedroso e da professora Vanda Pinedo, educadora e coordenadora nacional do Movimento Negro Unificado.

Agenda da Capital: 

Exposição Berimbaus, de23 a 29, das 10h às 20h30min, no Espaço Oficinas do (CIC), avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis, tel. 3953-2380 

Mesa redonda Museu, Memória e Cultura Afro-Brasileira, hoje, 14h, Cinema do CIC, avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis, tel. 3953-2380   

Oficina de fotografia, amanhã, 13h30, Museu Histórico de Santa Catarina, Palácio Cruz e Sousa, Praça 15, 227, Centro, Florianópolis, 3028-8091 

Exibição do filme “O toque de cada mestre", dia 25, Museu Histórico de Santa Catarina, Palácio Cruz e Sousa, Praça 15, 227, Centro, Florianópolis, 3028-8091 

 Evento: Conversa sobre cultura afro-brasileira, dia 25, 19h, Masc, avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis, , tel. 3953-2380   

Um dia em Áfricas – Apresentações culturais de universitários intercambistas do continente africano, da UFSC, dia 26, 14h, Museu da Imagem e do Som, CIC,  avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, agronômica, Florianópolis, 3953-2327 

Oficina de Maculelê e Apresentação de Capoeira, dia 27, 14h, CIC, avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis, 3953-2324 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade