Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Livro de poesias de Alcides Buss para o público infantil recebe quarta edição pela Cuca Fresca

Autor busca recriar universo capaz de incentivar maiores laços de identificação com a natureza, a poesia, a brincadeira e o amor

Leda Malysz
Florianópolis
Lucas Sampaio/Arquivo/ND
Autor de dois livros infantis visita escolas e conversa sobre poesia e o meio ambiente com as crianças

 

O desejo de transmitir às crianças o tempo de quintal de sua infância, onde Alcides Buss passava horas, fez amizades com árvores e encontrava tanta alegria e brincadeira, levou o autor a escrever “Pomar de Palavras” em 2000. Sucesso especialmente em escolas, o livro que até então estava esgotado ganha sua quarta edição pela Cuca Fresca.

O primeiro poema nasceu por acaso, quando em meio a um debate de uma rádio em Caçador foi servida uma bandeja com pêssegos saborosos e frescos, o que imediatamente levou o escritor àquele ambiente. Na hora, ele fez o primeiro poema, sobre pêssego, e pensou: “porque não falar das outras árvores?”. Assim, há versos com gosto da psicodélica manga, da laranjada laranja, da ameixa sabida ou de poderes ocultos das uvas. Entre tantos, alguns versos de “Pomar do Coração” dão o tom da obra: “Queria fazer um pomar/ com frutos do coração./ Plantou de tudo: amor, saúde/ paixão, valentia.// (..) A alegria, quando vinha/ enchia o rosto de luz./Lá no fundo sabia:/de mais, de muito mais/era capaz.”

Página a página, versos recriam um universo capaz de incentivar maiores laços de identificação com a natureza e assim incentivar a preservação, segundo o autor. “Criei os poemas propondo a brincadeira na poesia. Como se eles pudessem brincar com ela para achar significados escondidos. Assim como se procura frutos de uma árvore”. As ilustrações de Márcia Cardeal ajudam muito a garantir o lúdico. “Ela mora em Brusque, é a melhor ilustradora que conheço. Recebi o material pronto, e desde a primeira vez acho perfeito”. Para o escritor, as palavras e os frutos falam de relações amorosas, e o exercício desse sentimento amoroso pelas coisas da vida dá sentido ao livro. Sentimento que ele encontra nas escolas, com seus leitores, que o presenteiam com graças como livros artesanais com poesias dos pequenos ou até um praça com as árvores cheias de poesias penduradas pelas crianças.

Comunicação com os pequenos

O autor de mais de 20 livros – entre eles “Janela para o Mar”, prêmio Fernando Pessoa da União Brasileira dos Escritores escreveu dois infantis. “Pomar de Palavras” e “A Poesia do ABC”, que está prestes a ser também relançado pela Cuca Fresca. “Escrever para crianças é mais difícil, pelo exercício que exige, nos colocarmos em seu universo e buscarmos a linguagem tão delicada”. Agora ele trabalha no seu primeiro infanto-juvenil, também de poesias. O título provisório é “Canção do Amanhecer”, sobre a idade onde há o despertar para a vida adulta. “Precisamos vencer esse desafio de nos comunicar com eles”, defende o autor.

O quê: livro Pomar de Palavras

Autor: Alcides Buss com ilustrações de Márcia Cardeal

Editora: Cuca Fresca, 4 ed., 201

Quanto: R$ 25,00 (24págs)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade