Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Sertanejo Leo Rodriguez, que participou de "A Fazenda 7", conta como foi ficar confinado

O cantor sertanejo disse também que seu real interesse na roça era pela miss Debora Lyra

Karin Barros
Florianópolis

O jogo na roça vai começar novamente. Em sua oitava edição, “A Fazenda”, que estreia nesta quarta-feira, às 22h30, na RICTV Record, traz participantes, como Mara Maravilha, o ex-jogador Amaral, e a atriz Rayanne Morais, ex-namorado do cantor Latino, revelados por Xuxa na segunda-feira (21).

Flávio Tin/ND
Leo ficou entre os cinco finalistas do reality show da Record



O caderno Plural conversou com Leo Rodriguez, cantor sertanejo morador de Balneário Camboriú, que fez parte do programa em 2014. Ele ficou entre os cinco finalistas do reality show pela disputa de R$ 2 milhões. Após três meses confinado, ele diz que foi muito difícil se isolar completamente, ficar longe das redes sociais, dos fãs e do palco. Dono do sucesso “Vai no Cavalinho”, Leo afirma que desde o começo o jogo é complicado. “Ficamos em um hotel sem ver ninguém, então quando entramos na casa, a gente quer conversar com todo mundo, mas são 16 pessoas completamente diferentes. É bem difícil”, conta.

Da sua edição, o cantor conhecia superficialmente a maioria dos participantes, apenas em encontros em shows e nos bastidores de programas de televisão. Sobre os animais, Leo diz que foi a melhor parte do reality, já que é nascido no interior de São Paulo, na cidade de Descalvado, e sabia como lidar com a roça. “Quando nasci, ia muito ao sítio, sabia ordenhar vaca. Foi mamão com açúcar essa parte”, relembra o sertanejo, destacando que sempre quis participar do programa.

Durante o reality, Leo teve um caso com a modelo Babi Rossi. “Foi meio que natural, acabei ficando com ela em uma festa. Não queria nenhum relacionamento lá dentro, mas também não tinha nada aqui fora. Até ia rolar com a miss (Débora Lyra), a gente tava trocando umas ideias, mas acabou rolando com a Babi”, contou lembrando que com a panicat “foi só uns beijinhos”.

Para a carreira de músico, “A Fazenda 7” teve dois lados. Leo Rodriguez ganhou grande visibilidade após os três meses na TV, porém se afastar do palco, onde fazia até 15 shows por mês, foi como estagnar o projeto. “Adoro o carinho das pessoas na rua. Saber que torceram por mim é muito bom e eu fico feliz, mas a carreira teve uma pausa”, conta.

 

Mudança de cidade

Leo está morando em Balneário Camboriú desde o começo do ano, porque o empresário para o qual trabalha é de Florianópolis, e eles viram que o Sul do país abraçou muito bem o projeto. “Em São Paulo e Minas Gerais, por exemplo, as feiras tem outro padrão, aqui no Sul já são outros grandes eventos, como o Carnafacul, onde percebi o sucesso da minha música no ano passado, além da Festa do Pinhão”, explica o músico.

Com a nova música de trabalho, “Viatura da paixão”, Leo espera bom retorno do público. “Sempre gostei de músicas com coreografia, com letra fácil, e eu criei uma identidade desse tipo de música”, diz, explicando que videoclipe foca na coreografia.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade