Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Grupo teatral Cirquinho do Revirado, de Criciúma, comemora 20 anos com semana de atrações

Cidades do Sul do Estado recebem companhias de todo o país, mostrando a essência da arte

Redação ND
Florianópolis
13/09/2017 às 13H09

Ao completar 20 anos de história, o Grupo de Teatro Cirquinho do Revirado de Criciúma comemora a data, apresentando o Festival Nacional de Teatro Revirado. A programação com início neste sábado (16), envolve dez municípios do Sul de Santa Catarina até o dia 23. No total serão 48 apresentações, de 20 grupos teatrais de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Paraíba e duas atrações vindas de fora do país, diretamente da Argentina. A iniciativa do festival é da Fundação Municipal de Cultura e Esporte da Içara, patrocínio da UNESC, RAC Saneamento e a Cooperja.

A abertura do evento acontece às 16h, na rua Altamiro Guimarães, em Içara, com o espetáculo “Automakina Universo Deslizante”, do Grupo de Pernas Pro Ar, de Canoas/RS, com atuações de Luciano Wieser e direção de Jackson Zambelli. O festival é gratuito e se espalha pelas cidades de Forquilinha, Maracajá, Jacinto Machado, Nova Veneza, Orleans, Criciúma, Siderópolis, Coca do Sul e Balneário Rincão. O município de Içara recebe atrações de segunda a sexta (18 a 22/9), além de uma oficina de Treinamento Acrobático e uma mesa de debate com o tema “A Comicidade na Cena”, com os atores Luiz Carlos Vasconcelos, Marcleo Pena e Palhaço Biriba.

Espetáculo
Espetáculo "Automakina Universo Deslizante" abre o evento no Sul do Estado - Divulgação/ND


O encerramento do evento tem uma programação de 12 horas  ininterruptas. Com início às 10h na Praça da Juventude em Içara. Depois, às 21h o evento continua no Colher de Chá, também em Içara. A programação da revirada inclui ainda feiras, oficinas de perna de pau, de argila, pintura, escultura, além de música e dança.

O grupo Cirquinho do Revirado foi fundado em 1° de maio de 1997, quando os fundadores Yonara Marques e Reveraldo Joaquim mandaram confeccionar uma pequena lona de circo para apresentar teatro de fantoches.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade