Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Floripa Tap reúne jam session, oficinas, duelo e espetáculos a partir de sexta-feira

O evento é um dos maiores festivais de sapateado da América do Sul

Karin Barros
Florianópolis
24/04/2018 às 19H32

Começa nesta sexta-feira (27) e segue até o dia 1º, mais uma edição do Floripa Tap, um dos maiores festivais de sapateado da América do Sul. Com quatro espetáculos, um duelo de sapateadores, jam sessions e oficinas abertas ao público, mais uma vez a diversidade de estilos, programação variada e a curadoria marcam o festival. “Busco escolher bons profissionais, trazer um time eclético de estilo. Pessoas que tenham pesquisas a acrescentar”, colocar Marina Coura, idealizadora do evento.

Marina Coura, idealizadora do evento, que traz sapateadores do país e de fora - Cristiano Prim/Divulgação
Marina Coura, idealizadora do evento, que traz sapateadores do país e de fora - Guilherme Araújo/Divulgação


Uma mostra de dança com grupos de todo o Brasil e convidados abrem o evento em Jurerê Internacional, às 20h30 na sexta. No sábado ocorre a Noite de Gala, que será realizada no teatro do CIC (Centro Integrado de Cultura), e reúne performances solos e em grupos, incluindo artistas internacionais e nacionais convidados. A trilha sonora ao vivo fica por conta de Luiz Gustavo Zago (piano), Fábio Carlesso (baixo) e Rodrigo Paiva (bateria).

A programação de oficinas do evento e apresentações será realizado entre o palco montado no Open Shopping, em Jurerê Internacional, e no Hotel Sesc Cacupé, sendo a maior parte da programação gratuita. A evento terá ainda uma mostra do festival no tradicional Rancho do Bastião, na Ponta do Sambaqui.
Entre as oficinas abertas ao público no bairro Cacupé, uma delas trabalha a inclusão social, de sapateado iniciante para surdos e ouvintes, ministrada pela também coreógrafa Marina.O duelo de sapateado também está previsto para terça, às 12h15, com estudantes e dançarinos profissionais no hotel Sesc Cacupé.

Realizado há oito anos e com nove edições, este ano traz convidados de Los Angeles, Suíça, Nova York e Filadélfia, além de diversos Estados brasileiros. Marina diz que foi em 2014 o grande salto do festival. “Contamos pela primeira vez com apoio financeiro, e vindo de uma instituição americana. Cinco sapateadores internacionais participaram daquela edição. Floripa entrou para o circuito mundial”, diz. Além disso, o festival acaba movimentando a economia local, trazendo cerca de 150 pessoas de fora da cidade.

Todas as atividades ao ar livre vão ocorrer mesmo com chuva, pois a estrutura no local terá tendas cobertas.

Serviço

O quê: Floripa Tap
Quando: de 27/4 a 1/5
Onde: Open Shopping e Hotel Sesc Cacupé
Quanto: apresentações gratuitas e pagas

O quê: Noite de Gala
Quando: 28/4, 20h30
Onde: Teatro Ademir Rosa, CIC, av. Irineu Bornhausen, Agronômica, Fpolis
Quanto: R$ 60

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade