Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Festival Social Good Brasil reúne pessoas para tratar das habilidades humanas e tecnologia

Evento ocorre na sexta (31/8) e sábado (1/9) na Capital com assuntos em dia com a atualidade, como intolerância, inteligência artificial, infância, entre outros temas

Redação ND
Florianópolis
26/08/2018 às 21H55

Qual é o impacto de valorizar mais os bons exemplos, do que as más ações? Como a inovação pode ajudar a reduzir a intolerância? Como compartilhamos com a sociedade nosso potencial de ser humano? Questões e temas transdisciplinares e que estão na urgência do pensar a sociedade contemporânea se multiplicam no Festival Social Good Brasil, que chega a mais uma edição na próxima sexta (31) e sábado (1), em Florianópolis O evento é o grande encontro anual da organização SGB (Social Good Brasil) com sua comunidade, parceiros e nomes referências do Brasil e do mundo para troca de conhecimento, experimentação na prática e inspiração.

Encontro vai discutir temas que vão de ciência de dados à intolerância - Divulgação SGB/ND
Encontro vai discutir temas que vão de ciência de dados à intolerância - Divulgação SGB/ND



Neste ano, o tema geral do evento será “Na era das tecnologias exponenciais, o que é ser humano?”, sobre a importância de se combinar atitudes e competências humanas com a tecnologia para criar um mundo com mais empatia, autonomia, colaboração e propósito. Palestras, workshops e rodas de conversa vão abordar não apenas as tecnologias exponenciais (como inteligência artificial, robótica, ciência de dados etc), mas também o lado humano necessário para aplicá-las da melhor forma. Entre os temas, ainda estão em pauta, identidade de gênero e transexualidade, o futuro da infância, empreender X maternar, entre outros.

Primeira organização brasileira de tecnologia para transformação social, desde 2012 o Social Good Brasil utiliza metodologias de ponta e comportamento inovador para inspirar, conectar e estimular pessoas e organizações a inovar e agir com o propósito de solucionar problemas sociais. Formada por fundações, empresas, empreendedores, mentores e inovadores sociais, essa rede gerou frutos que já beneficiaram direta e indiretamente oito milhões de pessoas em áreas como educação, saúde e cidadania.

Agregar 34 lideranças conectadas a inovação social, que beneficiaram mais de 1.200 pessoas diretamente, mais de 130 mentores e cerca de 500 empreendedores sociais.

Serviço:

O quê: Festival Social Good Brasil
Quando: 31/8, 17h às 21h, e 1/9, 8h às 20h
Onde: Centro de Inovação ACATE – Primavera, rod. SC-401, Km4, Florianópolis
Quanto: É preciso se inscrever e fazer uma doação de qualquer valor para o Social Good Brasil neste link: https://socialgoodbrasil.org.br/festival

Confira a programação

Sexta-feira (31/8)


• 17h • Credenciamento
• 18h30 • 1º Bloco
Palestra de abertura: “O novo poder em um mundo hiperconectado”, com Henry Timms e Jeremy Heimans, co-autores do best-seller "O Novo Poder: como disseminar ideias, engajar pessoas e estar sempre um passo à frente em um mundo hiperconectado"
• Caso de impacto: Nina Silva e o Movimento Black Money
• Caso de Impacto: Pedro Godoy - IoT para dados climáticos
• 21h • Show musical

Sábado (1/9)


• 8h • Yoga
• 9h • 2º Bloco
Apresentação de dança “Corpo em Risco”, por Rubens Oliveira;
Painel “Dados para o bem”, com Andrew Means, Jaque Buckstegge e Fábio Santos
Movimento Data For Good, com Fernanda Bornhausen
Laboratório SGB: iniciativa pioneira para uso de dados para o bem, com Dierê Fernandez
• 11h • Rodas de Conversa (salas diversas)
• 12h • Momento Conexão (intervalo)
• 14h • 3º Bloco
Painel “Comunidades conectadas para mudança e o poder do coletivo”, com Paulo Rogério Nunes, Laís de Oliveira, Liliane Tie e Henrique Bussacos
Fellows SGB: inovação pelas mãos de protagonistas Brasil afora, por Silvia Luz com Maytê Santos Albardía, Vinicius Aguiar e Gustavo Andrade
“Body Journey” com Flora Bittancourt
• 15h30 • Workshops (salas diversas)
•17h30 • Momento Conexão (intervalo)
• 18h30 • 4º Bloco
Palestra “Desconectar para conectar”, com Diogo Guerreiro
Performance artística, poesia com Nuno Arcanjo.
• 20h • Show de encerramento

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade