Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Festival Palco Giratório, que começa nesta quarta, aborda diversas linguagens cênicas

O palhaço Biribinha, que está completando 60 anos de carreira, é o homenageado deste ano

Redação ND
Florianópolis
31/07/2018 às 10H02

Começa nesta quarta-feira (31) e segue até o dia 31 a 15ª edição do Festival Palco Giratório em Florianópolis. Com 28 apresentações artísticas, homenagem ao circo, oficinas, reflexões, debates e painéis, a iniciativa é a maior ação do gênero no Brasil. O festival busca difundir e intercâmbio de artes cênicas, e traz uma ampla programação, caracterizada pela diversidade de expressões, qualidade de espetáculos e ações formativas com grupos de 15 estados brasileiros. 

“Eu sem você não sou ninguém”, com a Cia. Teatral Turma do Biribinha, com o palhaço homenageado desta edição, abre o festival - Divulgação/ND
“Eu sem você não sou ninguém”, com a Cia. Teatral Turma do Biribinha, com o palhaço homenageado desta edição, abre o festival - Divulgação/ND


Durante o evento, as 20 companhias selecionadas para a circulação nacional do Palco Giratório e grupos convidados apresentam o que há de melhor nas linguagens de teatro, circo e dança, em espetáculos para adultos, crianças, adolescentes e também para bebês. A esperança de um mundo melhor, a necessidade do encontro e da união, a importância do diálogo, a negritude, a cultura indígena, as questões do feminino, diversidade, preconceito, diferentes corpos, são algumas das temáticas presentes nos espetáculos em cartaz. De Florianópolis, os convidados são o coletivo Nega, a Traço Cia. de Teatro e a Cia La Vaca, que está completando 15 anos.

Maria Teresa Piccoli, gerente de cultura do Sesc Santa Catarina, explica que o olhar da curadoria nesses 15 anos de história do festival é sempre voltado para o circo, teatro e dança. Neste ano, em especial, como o homenageado da vez é o palhaço Biribinha, o circo ganha uma força ainda maior. Inclusive, a própria lona do circo do Biribinha vai para algumas cidades por onde passa o festival, mas em Florianópolis, infelizmente, ela não chegará, visto também que a Capital conta com a Casa do Palhaço, localizada no Morro das Pedras, Sul da Ilha. “Vamos concentrar as apresentações voltadas ao circo e com o Biribinha nesse local”, explica. 

A abertura do festival será com o homenageado no Circuito Especial, o alagoano Teófanes Antônio Leite da Silveira, o Palhaço Biribinha, artista de grande representatividade para as artes circenses. Ele apresenta o espetáculo “Eu sem você não sou ninguém”, na quinta (1), às 20h, na Casa do Palhaço. 

A comédia circense com toques de melodrama, mistura elementos do teatro de animação com a boa palhaçaria clássica. O texto, que se equilibra entre o ridículo e o sublime, trata dos questionamentos de um ator sobre quem é mais importante: sua pessoa ou sua obra. Isso é contado através da história de um palhaço que sai do corpo de seu criador e se transporta para o corpo de um boneco. 

A acessibilidade também está em pauta, com seis espetáculos que terão tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais), como o espetáculo de abertura esta noite, e dois com recursos de audiodescrição, como o “Fauna”, com Grupo Quatroloscinco - Teatro do Comum, de Minas Gerais, no dia 24, às 20h, no Teatro Sesc Prainha. “Ainda não conseguimos faze-lo todo acessível, mas queremos aproximar ao máximo esse público que tem todo o direito de estar nessas apresentações teatrais”, diz Maria Teresa. 

Formação conjunta 

Durante todo o 15º Festival Palco Giratório serão realizadas 33 ações de caráter formativo. São oficinas, Pensamentos Giratórios, Debates Performativos, painel, lançamento de livro e bate-papo após os espetáculos.

A programação traz quatro oficinas realizadas no Sesc Prainha. Uma delas ocorre nesta quinta-feira, com a Companhia Teatral Turma do Biribinha (AL) ministrando a oficina “Traquinagens em traquitanas”, das 9h às 13h e das 14h às 18h. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas na Área de Relacionamento com Clientes do Sesc.

Os Pensamentos Giratório são momentos de reflexão e discussão abertos ao público, com a participação de um grupo do Palco Giratório e convidados especiais. Ao longo do evento, serão quatro encontros com mesas-redondas na Udesc.

Serviço

O quê: 15º Festival Palco Giratório
Quando: de 1 a 31/8
Onde: Teatro do Sesc Prainha, Teatro Ademir Rosa, Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), Casa do Palhaço, Udesc, UFSC e em espaços públicos
Quanto: os ingressos com cobrança e inscrições para oficinas podem ser realizadas na Área de Relacionamento com Clientes do Sesc Prainha e nos locais dos espetáculos. Os ingressos gratuitos serão distribuídos uma hora antes, nos locais dos eventos. A distribuição e venda de ingressos está sujeita à lotação dos locais onde os espetáculos serão realizados. Não haverá devolução de valores.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade