Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Festival de cinema de Florianópolis terá programação mais enxuta após corte de verba

FAM (Florianópolis Audiovisual Mercosul) manterá a tradição de exibição de produções latinas, mas fará ajustes, este ano não terá exibição de filmes em 35 mm

Marciano Diogo
Florianópolis
Divulgação
“A História da Eternidade”, do pernambucano Camilo Cavalcante, abrirá o FAM

Faltando apenas quase uma semana para o início da 19ª edição do FAM (Florianópolis Audiovisual Mercosul), incertezas financeiras norteiam o evento de cinema. O FAM deste ano, que acontece de 19 a 26 de junho, exibirá 50 filmes, entre eles  produções latinas e também catarinenses. “O Seitec [Sistema Estadual de Incentivo à Cultura, ao

Turismo e ao Esporte] aprovou o repasse de R$ 369 mil, porém também levantou a possibilidade de haver um corte de 60% desse valor. Em 2014 tivemos o problema semelhante de corte da verba uma semana antes do evento: acabamos recebendo apenas R$ 150 mil de R$ 336 mil aprovados”, explica o idealizador do FAM, Antonio Celso dos Santos. O recurso vem do Funcultural, do Governo do Estado.

De acordo com a assessoria de comunicação da SOL (Secretaria do Estado de Turismo, Esporte e Cultura), o processo de solicitação de recursos para o FAM 2015 ainda está em análise técnica e não há previsão para a liberação do dinheiro. O órgão

afirmou que o documento de solicitação de recursos chegou à secretaria no dia 19 de maio e não confirmou valor de repasse de R$ 369 mil ao evento. “O encaminhamento da proposta só poderá ser feita quando tal análise estiver concluída, dentro da legislação vigente”, observou a assessoria da SOL através de nota oficial. 

Os organizadores do FAM já prevêm prejuízo ao desenvolvimento do evento. Esse será o primeiro ano que o FAM não terá exibição de filmes em 35 mm, a mostra internacional “Outros Olhares” não será realizada, haverá diminuição no número de mostras, debates e mesas-redondas do evento, já que houve a redução do número de convidados. “Essa diminuição de circulação de profissionais proporciona a queda da cadeia produtiva do audiovisual. Os temas são menos discutidos, é enfraquecida a relação entre os profissionais do meio e há um empobrecimento da repercussão midiática nacional

sobre o evento, já que estamos trazendo quase a metade do número de convidados do ano passado”, afirma a organizadora do FAM, Marilha Naccari.

Ainda assim com problemas financeiros, o 19º FAM seguirá trazendo a cinematografia característica do festival: filmes da Bolívia, Equador, Paraguai, Chile, Argentina, Uruguai e Colômbia serão exibidos durante os oito dias do evento. Dos 50 filmes exibidos, 39 produções cinematográficas participam das mostras competitivas e 12 delas são catarinenses – foram 385 filmes inscritos nas mostras competitivas. O FAM de 2015 também seguirá com a Mostra Competitiva e Prêmio Canal Brasil, que além de possibilitar a compra dos direitos de exibição para o canal de TV distribuirá R$ 15 mil ao curta-metragem vencedor.

 

Mostras e oficinas

Além das mostras Curtas Mercosul, Curtas Catarinense, DOC-FAM, Infantojuvenil e Longas Mercosul, o 19º FAM trará à Florianópolis três profissionais representativos do setor audiovisual: o diretor Jorge Duran, responsável pelos filmes “Proibido Proibir” e “Não Se Pode Viver Sem Amor”, a produtora e atriz boliviana Carla Ortiz, e o diretor do filme “A História da Eternidade”, Camilo Cavalcante. Pelo menos três oficinas, oferecidas gratuitamente, também seguem como pilares de discussão do evento – os temas abordados são “O Ator no Cinema”, “Fazendo Filmes na Escola: o Audiovisual na Educação” e “Potencialização de Projetos para TV”.

Os homenageados do FAM deste ano serão o diretor responsável por mais de 50 filmes Zelito Vianna e o diretor-geral do canal Brasil, Paulo Mendonça. 

• Confira a programação completa do FAM 2015 através do site http://www.famdetodos.com.br/

Serviço:

• O quê: 19º Florianópolis Audiovisual Mercosul

• Quando: 19 a 26/6

• Onde: Centro de Cultura e Eventos da UFSC, Campus Trindade, Florianópolis, tel. 3721-9351

• Quanto: Gratuito

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade