Publicidade
Sábado, 24 de Junho de 2017
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Traço Cia de Teatro promove Festiclown pela Terra no Morro dos Cavalos, em Palhoça

O evento é apoiado pela associação internacional Pallasos en Rebeldía, e já aconteceu em outros três estados

Redação ND
Florianópolis
Divulgação
Festival apoia grupos que estão em luta por suas terras


Depois de passar por três estados brasileiros, o projeto Festiclown pela Terra chega à aldeia Guarani, no Morro dos Cavalos, em Palhoça nesta sexta e sábado. O evento, que iniciou no final de junho, é apoiado pela associação Pallasos en Rebeldía, uma rede internacional de grupos artísticos que promovem a fraternidade entre os povos através da arte, combatem culturalmente ao lado das coletividades que fazem frente a este sistema global de terror usando a magia do Circo, e que apostam por uma humanidade mais bela e mais justa a partir do universo do palhaço.

De Santa Catarina, quem participa da ação é a Traço Cia de Teatro, formada por Débora de Matos, Egon Seidler e Greice Miotello; Elenice do Nascimento; Projeto (A)Gentes do Riso; Gabriela Leite, e a Maracatu Arrasta Ilha. 

A última ação da Traço nesse sentido foi em 2014, quando se apresentou na aldeia dos Kariri Xocó em Alagoas, no Festiclown Palestine - West Bank e no Festiclown Favela, dentro do 2º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro. 

A programação começa hoje (25), com uma ação coletiva no Centro, na rua Felipe Schmidt, das 16h30 às 17h30, com palhaços e moradores da aldeia, com um cortejo e show coletivo divulgando um pouco da história do povo Guarani. Amanhã, a partir das 17hs, ocorre a recepção na aldeia Guarani e a noite Roda de Conversa na fogueira, histórias e contexto. “Esse é um momento para conhecermos a cultura deles, e levar a arte do palhaço para a luta como esperança. Eles estão num processo de anos para conquistar suas terras, e a palhaçaria dá ânimo e força para continuarem”, afirma a artista Greice Miotello, da Traço. Os grupos dormem no local, e no sábado, haverá troca de sementes e plantio de mudas, além de um show coletivo da Pallasos en Rebeldia com artistas convidados.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade